Djavan diz não a 'homenagem' e vereador desiste de mudar nome de bairro

Proposta de Chico Filho (MDB) previa alteração no nome de Cruz das Almas para 'Oceano' em uma clara homenagem ao artista alagoano

Durante coletiva de imprensa realizada nessa quinta-feira (30), para falar sobre a estreia de sua nova turnê mundial “D”, com início por Maceió, o cantor e compositor Djavan comentou a respeito da proposta do vereador Chico Filho (MDB), de alterar o nome do bairro de Cruz das Almas para "Oceano", em homenagem à música do alagoano. No entanto, em sua fala, Djavan se mostrou contrário à mudança.

“Eu não gosto dessa ideia não, porque eu adoro que exista o bairro Cruz das Almas. Tanto tempo que ouço falar. Apesar de Cruz das Almas, eu vejo uma coisa poética, bonita nesse nome. Mudar para Oceano, não. Deixa Oceano como música, e Cruz das Almas como bairro”, disse o artista.

Em meio à discussão que também toma conta das redes sociais, o autor da proposta, que nem mesmo chegou a ser protocolada na Câmara de Vereadores de Maceió, afirmou que vai retirar a proposta e que não levará adiante a discussão durante sessão do plenário.

Por meio de nota, Chico Filho disse que a alteração no nome do bairro é um debate que existe entre moradores e também entre empresários, por estes encontrarem resistência especialmente entre turistas quanto ao nome Cruz das Almas.

Durante um programa de rádio, que conduzia uma entrevista com Chico Filho ao mesmo tempo em que ocorria a coletiva de imprensa com o cantor Djavan, o vereador já havia se pronunciado, demonstrando que iria recuar da ideia de mudança. "Seu pedido é uma ordem", disse ele ao ver o vídeo do artista.

Veja a nota:

"O vereador Chico Filho informou através de sua assessoria que irá retirar a proposta atendendo ao pedido do próprio Djavan. O vereador ressalta que a alteração é um debate que existe entre moradores do bairro, e também entre empresários que encontram resistência especialmente entre turistas quanto ao nome Cruz das Almas. Por fim, Chico Filho destaca que na vida pública é importante ter opinião e diálogo, ouvindo sempre todos os lados".