Motorista acusado por atropelamento na Av. Fernandes Lima é indiciado por homicídios dolosos e lesão corporal grave

Acidente ocorreu no dia 23 de julho, deixando duas pessoas mortas e uma ferida

A Polícia Civil de Alagoas concluiu o Inquérito Policial que apurou o atropelamento ocorrido no dia 23 de julho, na Avenida Fernandes Lima, em Maceió, que vitimou duas pessoas e deixou uma ferida. O documento foi remetido à Justiça para a continuidade dos procedimentos legais. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (2), pela Delegacia de Acidentes e Delitos de Trânsito da capital.

A delegada Sheila Carvalho, responsável pela investigação, afirmou que conclusão do inquérito se deu em razão das circunstâncias já analisadas e baseada em provas robustas. Sérgio Praxedes, acusado de provocar o acidente, foi indiciado pelos crimes de homicídios dolosos e lesão corporal grave.

"A conduta do motorista não se amolda aos tipos penais previstos no Código de Trânsito Brasileiro, uma vez que a ação volitiva do autor de ingerir bebida alcoólica antes de conduzir o veículo automotor, ao trafegar na contramão de uma via bastante movimentada, sugestiona a presença de dolo eventual, sendo a ocorrência de duas mortes e uma lesão, o resultado assumido por ele", disse a autoridade policial.

*com informações da Polícia Civil de Alagoas.