Dono de autoescola é indiciado por estelionato contra 70 vítimas

A investigação descobriu que o homem vendeu cursos para a emissão de CNH sem credencial do Detran-AL

O proprietário de uma autoescola foi indiciado nesta quinta-feira (7) por estelionato contra 70 vítimas, em Penedo, no Baixo São Francisco alagoano. Segundo a Polícia Civil, o homem, que é de Sergipe, vendeu cursos descredenciados.

A investigação descobriu que o suspeito abriu uma autoescola em Penedo, mas fechou a empresa no início de 2023. No entanto, ele continuou vendendo as aulas quando o local já não era mais credenciado pelo Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran-AL).

Além disso, de acordo com o delegado Rômulo Andrade, pouco antes de fechar o estabelecimento definitivamente, o dono fez promoções para comercializar o curso, sem efetivar a formação prática e teórica, que são obrigatórias para a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) .

"Foram várias condutas que nos fizeram concluir que ele agiu com dolo [intenção] de enganar as pessoas e auferir vantagem econômica", afirmou a autoridade policial.

Ao todo, de acordo com Andrade, o sergipano foi indiciado por 70 crimes de estelionato. "Apareceram ainda outras vítimas após o final da instrução do inquérito, indicando que mais gente foi vítima", disse o delegado.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p