EUA jogaram mais de 1 milhão de doses de vacina no lixo, diz NYT

País norte-americano registra alta de casos, mas cidadãos se recusam a se vacinar

Uma pesquisa feita pelo The New York Times em 10 Estados norte-americanos afirma que mais de 1 milhão de doses de vacina contra a covid-19 foram para o lixo desde dezembro de 2020. O desperdício maior foi registrado quando a procura pela vacina caiu.

De acordo com autoridades, mais de 110 mil doses foram jogadas fora na Geórgia. Já em Nova Jersey, 53 mil doses foram para o lixo. Em Ohio, mais de 370 mil doses foram consideradas inutilizáveis. Em Maryland, cerca de 50 mil não foram usadas. Em muitos Estados, as doses desperdiçadas representam mais do que 2% do total de vacinas recebidas.

Os principais motivos do desperdício são: embalagens quebradas, vacinas vencidas, armazenadas ou transportadas de forma inadequada, ou já preparadas para aplicação, que não podem ser guardadas novamente quando os pacientes não vão à consulta....

Mesmo com o avanço da variante delta, que vem provocando surtos no país, muitos americanos optaram por não se vacinar. Os imunizantes têm alto percentual de eficácia contra a cepa, evitando que infectados sejam hospitalizados ou morram de covid-19.

Segundo o site Our World in Data, com dados do dia 1º de agosto, 49% dos residentes dos Estados Unidos estão completamente vacinados e 8,1% tomaram apenas a 1ª dose. O país registrou média diária de 241,40 novos casos de covid-19 por 1 milhão de habitantes nos últimos 7 dias e 1,10 mortes.