Roma anuncia José Mourinho como novo técnico a partir da próxima temporada

Demitido há duas semanas do Tottenham, treinador vai assumir o comando do clube italiano no lugar do compatriota Paulo Fonseca

A Roma anunciou que José Mourinho será o treinador do clube a partir de junho. O técnico português vai assumiu o lugar do compatriota Paulo Fonseca, cuja saída também foi comunicada nesta terça-feira e que seguirá no comando da equipe até o final da atual temporada.

Aos 58 anos, José Mourinho estava no Tottenham até o último dia 19 de abril, quando foi demitido do comando da equipe britânica por conta dos maus resultados e relacionamento ruim com o elenco (Gareth Bale, por exemplo, seria um dos desafetos).

José Mourinho deixou os Spurs após um ano e cinco meses no cargo. Pela primeira vez na carreira, ele deixou um clube de mãos vazias, sem conquistar nenhum título.

O "Special One" retorna ao futebol italiano após pouco mais de dez anos, quando provavelmente viveu seu grande momento em termos de conquistas. Dirigindo a Inter de Milão, levantou a tríplice coroa da temporada 2009/2010: Campeonato Italiano, Liga dos Campeões e Copa da Itália. Mourinho também foi eleito o melhor treinador do mundo nessa época pela Fifa.

O lado curioso é que José Mourinho, que também dirigiu Porto, Chelsea, Real Madrid e Manchester United, disse na semana passada, em entrevista ao jornal britânico The Times, que iria ficar um tempo sem trabalhar... E que desejava comandar uma seleção nacional. No entanto, apareceu a Roma – e seus investidores norte-americanos - no meio desse desejo.

Roma mal das pernas

Sem chances de título e com poucas possibilidades de conseguir uma vaga para Champions no Campeonato Italiano, a Roma está nas semifinais da Liga Europa. No entanto, o time precisa reverter na próxima quinta um placar de 6 a 2 para o Manchester United no jogo de ida para alcançar a decisão da competição. A derrota acachapante em Old Trafford na semana passada foi um dos motivos para saída de Paulo Fonseca, que chegou a Roma em junho de 2019.