Mbappé perde último pênalti, e França é eliminada da Eurocopa pela Suíça

Atacante do Paris Saint-Germain deixa o torneio sem fazer gols e erra a cobrança derradeira. É a primeira vez que a seleção suíça vence uma disputa do tipo em sua história

A Suíça fez história na Eurocopa 2020. Jogando na Arena Nacional de Bucareste, Romênia, a seleção suíça conseguiu eliminar a França na tarde desta segunda (28). No tempo normal a Suíça saiu na frente, perdeu um pênalti e tomou a virada francesa. Porém, nos últimos minutos a reação suíça aconteceu e a equipe levou o jogo para os pênaltis depois de um 3 a 3 no tempo normal. Nas penalidades, Mbappé perdeu o último e rendeu a eliminação dos atuais campeões do mundo.

No tempo normal Seferovic fez 1 a 0 para a Suíça, que chegou a perder um pênalti, o que rendeu a virada da França para 3 a 1. Os gols franceses foram marcados por Benzema, duas vezes, e Pogba. Na reta final do segundo tempo Seferovic e Gavranovic conseguiram os gols que levaram a partida para a prorrogação. Após 30 minutos de tensão, o duelo foi para a marca da cal.

Nos pênaltis deu Suíça: 5 a 4. Gavranovic, Schär, Akanji, Vargas e Mehmedi marcaram para os suíços. Pogba, Giroud, Thuram e Kimpembe fizeram os gols franceses, porém, o atacante Kylian Mbappé não converteu o quinto da França após todo mundo converter suas penalidades. Com isso a Suíça está classificada para as quartas de final, e agora vai enfrentar no sábado a Espanha, que também teve um confronto duríssimo contra a Croácia.

O jogo entre Suíça e Espanha pelas quartas de final será na próxima sexta-feira, às 13h (de Brasília), na Arena Zenit, em São Petersburgo.