Contra o Ceará, CRB quer voltar às semifinais do Nordestão depois de 28 anos

Galo chegou na semi pela última vez em 1994, quando foi vice; partida será nesta quinta (24), às 19h, na Arena Castelão, em Fortaleza-CE

Após a eliminação precoce na Copa do Brasil e a classificação sofrida para as semifinais do Alagoano, o CRB tem mais uma grande decisão à sua frente: enfrenta o Ceará, pelas quartas de final da Copa do Nordeste, nesta quinta (24), às 19h, na Arena Castelão. Quem avançar, enfrentará o Sport nas semifinais. A vaga é decidida em jogo único e, em caso de empate, irá para os pênaltis.

O torcedor regatiano imaginou que o início de ano do seu time seria mais tranquilo. Porém, o Galo penou para avançar no Alagoano. Na última rodada do Nordestão, já classificado, o CRB precisava de uma vitória para garantir a decisão das quartas em casa, mas perdeu para o Fortaleza fora de casa, por 2 a 1, e decidirá longe de seus domínios. Foi o 4º lugar do Grupo B, com 14 pontos, na primeira fase.

Invicto no Nordestão, o Vozão teve vida mais tranquila no Regional e na Copa do Brasil, onde está classificado para a 3ª fase. Porém, foi eliminado nas quartas de final do Cearense e quer dar uma resposta à torcida chegando longe na Copa do Nordeste. Na 1ª fase, foi o líder do Grupo B, com 18 pontos.

CRB

Apesar da derrota para o Fortaleza, o técnico Marcelo Cabo aprovou o que viu em campo no último sábado (19). Ele mandou a campo três zagueiros e elogiou o equilíbrio das duas equipes.

“Eu acho que a equipe funcionou bem com os três zagueiros, na minha opinião. A gente fez um jogo muito equilibrado, jogo até de igual pra igual, claro que o Fortaleza dentro de casa tem seu volume de jogo muito grande e, talvez se o árbitro desse aquele pênalti no início do jogo, a história poderia ser outra, né?”, comentou.

Meia Maicon é dúvida e tenta se recuperar para estar disponível - Foto: Francisco Cedrim

Pela reação de Cabo, ele poderá manter o estilo de jogo contra o Vozão, mas terá a volta de jogadores importantes e uma novidade na escalação. Após o duelo com o Leão do Pici, o elenco ficou em Fortaleza para se preparar e recebeu mais cinco jogadores. O volante Marthã, o lateral Guilherme Romão e os atacantes Vico e Emerson Negueba, poupados na última rodada, se juntaram à equipe. Após cumprir suspensão, Anselmo Ramon também volta ao time.

A novidade na relação será o volante Maicon, que se juntou ao elenco na capital cearense e deve começar o jogo no banco. Após sua chegada, o atleta passou por uma intensa preparação física.

O provável CRB é: Diogo Silva, Reginaldo, Gum, Gilvan, Diego Ivo, Guilherme Romão; Yago, Marthã, Diego Torres; Marcinho e Anselmo Ramon.

CEARÁ

O Vozão vai muito bem nessa Copa do Nordeste. Em oito jogos disputados até aqui, venceu cinco e empatou os outros três. E não é só neste ano. A última derrota do Ceará na 1ª fase do Regional foi há quatro anos. Em 2018 o time cearense foi derrotado por 1 a 0, pelo Sampaio Corrêa. De lá para cá são 19 vitórias e 16 empates em 35 jogos.

Zagueiro Luiz Otávio deve voltar ao time titular de Tiago Nunes - Foto: Felipe Santos/Cearasc.com

Para enfrentar o CRB, o técnico Tiago Nunes terá uma volta importante. Recuperado de um edema na panturrilha direita, o zagueiro Luiz Otavio deve ir a campo nesta quinta. Mas a lista de desfalques ainda continua grande.

Jael, Marcos Ytalo, Iury Castilho, Richard e Michel Macedo ainda estão entregues ao Departamento Médico. Com isso, Tiago Nunes deve repetir o time que venceu o Campinense na última rodada, mas com a entrada de Luiz Otávio.

O provável Ceará é: João Ricardo, Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio, Bruno Pacheco; Richardson, Rodrigo Lindoso, Lima; Mendonz, Cléber e Vina.

ARBITRAGEM

A novidade desta fase de mata-mata é a inclusão do VAR em todas as partidas. A arbitragem desta quinta fica a cargo da Federação Baiana de Futebol. Diego Pombo Lopez (CBF) será o árbitro principal e será auxiliado por Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA) e Elicarlos Franco de Oliveira (CBF). O quarto árbitro será o cearense Joanilson Scarcella de Lima (CBF). No VAR, Gilberto Rodrigues Castro Junior (CBF) comanda as ações.