Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Clássico das Multidões: pelo Alagoano, CRB tem vantagem em retrospecto desde 2008

Vantagem regatiana tornou-se grande nos últimos 15 anos, onde conquistou seis títulos do Campeonato Alagoano

A semana que antecede o Clássico das Multidões é sempre muito tensa, para os dois lados. Quem gosta de se apegar aos números, tudo vale, e o CRB tem um número importantíssimo, dos últimos 15 anos, especificamente pelo Campeonato Alagoano. Desde 2008, em jogos do Estadual, o Galo tem vantagem sobre o rival, com mais vitórias e mais gols marcados em confrontos diretos.

O clássico do próximo sábado (5) será o 38º desde 2008, e os números apontam uma vantagem bem relevante para os regatianos. Até então, são 17 vitórias do Regatas, contra 12 empates e oito triunfos do CSA. Com isso, o Galo soma 46% de aproveitamento no confronto direto.

Leia também

Não são apenas as vitórias que agradam, os gols também estão com números bem fortuitos, já que são 40 favorecendo o CRB e apenas 29 para o Azulão do Mutange. A melhor vantagem aconteceu entre o Alagoano de 2016 e o de 2018, quando o Regatas emplacou um tabu incrível de nove partidas sem perder, somando sete vitórias e dois empates no período.

O período de 2008 para cá foi de muita festa para o lado vermelho de Maceió, pois nesses anos conquistou seis canecos do Campeonato Alagoano (2012, 2013, 2015, 2016, 2017 e 2020), além de ter feito o seu primeiro tricampeonato em sequência. O CSA, por sua vez, conquistou apenas quatro títulos no período, o ASA dois, Coruripe e Murici um cada.


				
					Clássico das Multidões: pelo Alagoano, CRB tem vantagem em retrospecto desde 2008
FOTO: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

O que pode ajudar o CRB no confronto deste fim de semana é a boa média de gols marcados há 15 anos. Em 37 duelos realizados, os 40 gols-pró do Galo o deixam com uma média interessante de 1,08 gols por confronto. A maior vitória do embate aconteceu em 2012, quando o Regatas venceu o CSA por 3 a 0.

Um dos poucos fatores que pesam contra o time da Pajuçara nos últimos 15 anos são, justamente, os últimos jogos. O CRB não vence o seu maior rival pelo Estadual há três jogos. São dois empates e uma derrota, além de ter perdido o Alagoano de 2021 nas penalidades máximas.

Dos últimos nove encontros, o Galo da Praia conseguiu apenas duas vitórias, isso desde de 2018. Essa situação entra justamente em conflito com o período de ascensão do CSA, quando subiu para a Série A do Brasileiro e conquistou os Alagoanos de 2018, 2019 e 2021. Além disso, faz muito tempo que um Clássico das Multidões do Alagoano não tem mais de dois gols em uma partida. O último foi em 2017, quando o time regatiano venceu por 3 a 2.

Os dois resultados mais típicos desde 2008 são dois, e nenhum beneficia o time azul da capital. Os placares de 1 a 1 e de vitória por 1 a 0 para o CRB são os mais comuns, já que aconteceram cinco vezes cada, nos últimos 15 anos.

O confronto deste fim de semana será bem decisivo. Enquanto o CRB quer sua segunda vitória seguida, para ultrapassar o rival no Estadual, o Azulão quer frear o rival e disparar na tabela de classificação.

Como visitante, o Galo já atuou 20 vezes, com oito vitórias, oito empates e apenas quatro derrotas e tentará aumentar esses números neste sábado (5), às 17 horas.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas