CSA tem fraco desempenho como mandante nesta temporada

Até o momento são apenas seis vitórias atuando no Rei Pelé em 2023, nenhuma delas pela Série C

O Rei Pelé sempre foi um palco muito proveitoso para o CSA. Contudo, em 2023, o fator casa parece não ser mais tão determinante, pois a equipe azulina tem sofrido com um desempenho abaixo do esperado. Contando apenas os jogos em casa este ano, o Azulão tem oito vitórias, cinco empates e três derrotas, somando oito confrontos sem vitória.

Tudo isso faz a equipe somar um aproveitamento de apenas 56,8% e o assunto veio à tona após o time não vencer e passar em branco nos dois jogos que fez em casa na Série C deste ano. Na primeira rodada, o CSA perdeu para o Confiança, por 1 a 0, mesmo dominando a partida. Nesse sábado (20), empatou com o Brusque, por 0 a 0, com um desempenho que desagradou os torcedores.

Porém, os jogos em casa neste ano não foram apenas no Rei Pelé. Vale lembrar que, no início da temporada 2023, o maior palco do futebol alagoano passou por reformas. Por isso, o Azulão precisou mandar alguns jogos no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe, e no José Gomes da Costa, em Murici.

Apesar de terem sido poucas derrotas como mandante, todas elas foram marcantes. A primeira foi no Alagoano, quando perdeu, por 2 a 1, para o frágil Desportivo Aliança, que terminou o campeonato rebaixado. Após isso, tomou uma sapecada do Sport, por 3 a 1, na Copa do Nordeste, usando um time alternativo.

Éverton Silva segue como desfalque no CSA - Foto: Ailton Cruz

Em termos de aproveitamento, 2023 é pior, inclusive, do que 2022, ano do rebaixamento para a Série C. Ano passado, foram 61,6% de aproveitamento, em 33 jogos dentro de casa. Já em 2021, quando ficou perto de subir para a Série A e conquistou o Campeonato Alagoano, o aproveitamento foi de 60,7%. Naquele ano inteiro, foram apenas quatro derrotas em casa, quase a mesma marca deste ano.

O que também incomoda neste ano é o fraco desempenho do ataque. Nesses 16 jogos como dono da casa, o CSA não balançou as redes em cinco oportunidades e só marcou mais de um gol quatro vezes, contra Murici, CSE, Vitória e Internacional.

Até o momento, restam oito jogos para o Azulão fazer no Rei Pelé este ano, isso sem contar uma eventual classificação para a 2ª fase da Série C. Em casa, o time azulino ainda encara São Bernardo, Manaus, Aparecidense, América de Natal, São José-RS, Pouso Alegre, Botafogo da Paraíba e Remo.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p