Lula fará primeiro anúncio de ministros nesta sexta

Lista inicial deve incluir ministros da Defesa, Fazenda, Justiça e Segurança Pública, Relações Exteriores e Casa Civil. Haddad, Flávio Dino e Rui Costa são cotados

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), deve anunciar nesta sexta-feira (9) os primeiros escolhidos para comandar ministérios em seu terceiro mandato.

Segundo integrantes da transição e interlocutores de Lula, a lista divulgada nesta sexta deve incluir titulares de cinco ministérios:

  1. Fazenda
  2. Casa Civil
  3. Justiça e Segurança Pública
  4. Defesa
  5. Relações Exteriores

Na última semana, Lula tinha dito que já tinha "na cabeça" 80% dos ministros que nomearia, mas que só divulgaria esses nomes após ser diplomado presidente eleito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – o que deve acontecer na próxima segunda-feira (12).

Nesta quinta-feira (8), no entanto, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, anunciou que Lula divulgaria os primeiros nomes já nesta sexta.

O anúncio da lista inicial deve ocorrer na manhã desta sexta no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede da transição de governo, pouco antes do jogo entre Brasil e Croácia pelas quartas de final da Copa do Mundo.

O governo eleito vem afirmando que o desenho da Esplanada dos Ministérios será similar ao do segundo mandato de Lula (2007-2010). O presidente eleito diz que a principal mudança será a criação do Ministério dos Povos Originários, inédito no Brasil.

Na transição de governo, os trabalhos foram divididos em 33 grupos técnicos – mas o governo eleito diz que nem todos devem se converter em ministérios. As equipes reúnem mais de mil funcionários, entre especialistas e apoio administrativo, sendo a maioria de voluntários.