Padrasto confessa que matou enteado de 5 anos afogado dentro de caixa d'água em Lagoa da Canoa

Em depoimento, homem contou que o menino estava dormindo, quando o pegou e o jogou no recipiente; suspeito do crime foi liberado

Um homem de 25 anos de idade se apresentou à polícia, nesta quinta-feira (30), em Lagoa da Canoa, no Agreste de Alagoas, para confessar que matou o enteado de cinco anos afogado em uma caixa d'água. O crime aconteceu no último sábado (25).

Após a confissão, o homem saiu pela porta da frente do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Lagoa da Canoa, tendo em vista que não há mandado de prisão e não há situação de flagrante.

Os primeiros relatos do padrasto, à época da morte da criança, foi de que o menino, identificado como Alonso Gabriel Rodrigues, teria acordado logo cedo, aberto a porta de casa sozinho e entrado na caixa d'água, que fica no chão da residência.

No entanto, em depoimento nesta quinta (30), segundo a polícia, o homem contou que o menino de 5 anos estava dormindo, quando o pegou e o jogou dentro da caixa d'água, causando o afogamento.

Contudo, durante depoimento à Polícia Civil, a mãe e o padrasto entraram em contradição nas versões sobre o crime, que continuará sendo investigado.