Eleição no CSA movimenta a torcida nesta segunda: Omar ou Brabo?

Com adesão de torcedores, fila toma conta do local de votação

O clima eleitoral no CSA segue a todo vapor, especialmente nesta segunda (6), dia da votação. Com mais de 2 mil sócios aptos para votar, a fila no Estádio Nelson Peixoto Feijó, na parte alta de Maceió, ficou enorme. Entretanto, a votação tem acontecido em diversas salas diferentes.

Segundo o edital divulgado pelo Azulão, a votação ocorre entre às 17h e 21h e apenas é necessário apresentar documento com foto. A disputa está entre Marcelo Brabo e Omar Coêlho.

Eleições para a presidência do CSA - Foto: Raphael Alves/ Gazetaweb

Um dos apoiadores do candidato Marcelo Brabo, o empresário Álvaro Mendonça conversou com a Gazetaweb. "Agora o torcedor azulino está acordado. Está provado que o Rafael (Tenório) foi um grande administrador, mas o CSA não é clube de dono, é um clube de massa, um clube de todo mundo".

O candidato da chapa 1, Omar Coêlho, apoiado por Tenório, também falou com a reportagem da Gazetaweb.

"Primeiramente, nós estamos muito felizes, porque hoje é uma festa da democracia aqui no CSA. Nunca ocorreu uma fluência de público tão grande pra votar em uma disputa do CSA. Isso mostra o quanto nos elevamos no nível estadual, junto com nossa torcida", contou Coêlho.

Já seu principal apoiador, o agora ex-presidente Rafael Tenório, comentou o momento e a grande adesão por parte dos adeptos azulinos. Inclusive, o antigo mandatário declarou sua torcida com veemência.

"Eu acredito que a nossa torcida nos atendeu, compareceu aqui em um número histórico, me surpreendeu inclusive. E espero que o nosso candidato, Omar Coêlho, ele possa ser eleito para dar continuidade ao nosso trabalho. Mas qualquer resultado que houver, nos vamos obedecer e fazer melhor pelo clube", contou Tenório.

Torcedores movimentam a votação no Nelsão da Via Expressa - Foto: Raphael Alves

Personagem fundamental na história recente do CSA, o presidente do Conselho Deliberativo Raimundo Tavares falou sobre a "festa da democracia", considerada histórica no futebol alagoano, além de se despedir, extraoficialmente, da presidência.

"Meu mandato no Conselho se encerra, na minha cabeça, com a missão cumprida. Ao final da eleição, é natural, reconhecer aquela chapa que for vitoriosa, trabalhar pela instituição, que tem que estar acima de tudo", nos contou Tavares, que, posteriormente, declarou apoio ao candidato Omar Coêlho.

Pedrinho Tenório, famoso no meio azulino e candidato a superintendente de esportes na chapa de Marcelo Brabo, elogiou bastante o ex-presidente Rafael Tenório. Entretanto, o candidato explicou os motivos por se juntar com a chapa "Avante CSA com Transparência".

"É um momento histórico em Alagoas. Desde 17h aqui está lotado. Eu acho que nossa chapa está mais preparada, para dar continuidade, a gente tem mais projetos. Participei da gestão dele (Rafael Tenório), mas hoje escolhi a chapa do Brabo, pelas propostas", falou Pedrinho.