Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > AFUNDAMENTO DO SOLO

Vereadores coletam assinaturas para criar CEI da Braskem

Objetivo é apurar ações e omissões da empresa em relação ao afundamento do solo de quatro bairros de Maceió

Um grupo composto por seis vereadores de Maceió assinou o pedido de Instauração de Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar ações e omissões cometidas pela Braskem nos bairros afetados pelo afundamento do solo - causado pela extração de sal-gema. São necessárias nove assinaturas para a instalação.

Os objetos delimitados no requerimento são o dimensionamento dos danos causados ao subsolo, solo e imóveis, a investigação dos prejuízos ambientais à Lagoa Mundaú e às atividades de pescadores, marisqueiras e demais atividades comportadas pelo bioma.

Também deverá ser apurada a responsabilidade sobre monitoramento da atividade e a finalidade das compensações financeiras, das cooperações técnicas e dos termos de acordos realizados pela petroquímica com entidades públicas e a sociedade civil. O requerimento para criar a comissão é de autoria da vereadora Teca Nelma (PSD).

Artigos Relacionados

O vereador Joãozinho (PSD), que é um dos que assinaram o documento, explicou que, embora já tenham sido realizadas outras duas CEIs para investigar a empresa, a expectativa é buscar ações posteriores às outras comissões.

“A ideia é que a gente possa aprofundar não só com relação a essa questão dos acordos, mas também sobre esses novos acontecimentos, a exemplo da mina 18, e, posteriormente, a gente poder investigar e solicitar documentos de novas ações e novas situações”, disse Joãozinho.

A CEI ainda deve dimensionar os danos reais apresentados pelas 35 cavidades desativadas, a execução do Plano de Fechamento das Minas, as projeções de estabilidade da região e o planejamento urbano para a área afetada.

Outro ponto entre os objetos delimitados no requerimento é a apuração de denúncias de que os equipamentos de monitoramento, como sensores e sonda, fornecem dados em primeira mão para a Braskem e, posteriormente, a central de monitoramento da mineradora envia as informações para os órgãos públicos, como a Defesa Civil de Maceió.

“É, também, objetivo desta Comissão Especial de Inquérito, apurar o fluxo de dados da atividade do solo, a propriedade desses equipamentos, bem como verificar a autonomia e fidelidade dos dados produzidos”, cita o documento.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas