Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > POLÍTICA

Veja a lista dos 11 vereadores eleitos em Porto Real do Colégio

PP e MDB vão ocupar maioria das vagas na Câmara, após totalização dos votos


				
					Veja a lista dos 11 vereadores eleitos em Porto Real do Colégio
PP e MDB vão ocupar maioria das vagas na Câmara de Porto Real. Agência Brasil

Mais de 11 mil eleitores de Porto Real do Colégio foram às urnas neste domingo (9) para eleger os 11 vereadores do município. A nova bancada será dominada pelo Partido Progressistas (PP) e pelo MDB, que elegeram cinco vereadores cada um. A vaga restante ficou com o PSB.

Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL), foram eleitos:

Leia também

- Maria Aparecida dos Santos (PP) – 1.038 votos

- Lucas Flavio Bomfim Evangelista (PP) – 885

- Uilio de Oliveira Souza (MDB) – 783 votos

- Claudio Ricardo Ribeiro de Souza (PP) – 778

- Sirleide Cordeiro dos Santos (MDB) – 735 votos

- Alexson Leite Lira (PP) – 712

- Isabelita Conceição Francisca da Silva (MDB) – 654

- Leaudo Alves Vilela (PSB) – 629

- Maykon Tenório dos Santos (PP) – 592

- Adriano Batinga de Almeida (MDB) - 588

- Tibúrcio Militão Junior (MDB) – 563

De acordo com os dados do TRE-AL, dos 16.290 eleitores aptos a votar, comparecem às urnas 10.385, o que representa uma abstenção de 30,12%. Foram 10.671 votos válidos. As eleições foram consideradas tranquilas, com um comparecimento dentro dos níveis esperados.

Foram convocadas novas eleições para vereador em Porto Real do Comércio porque, nos anos de 2022 e 2023, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu anular todos votos recebidos pelo MDB e pelo PP para vereador em Porto Real do Colégio, por constatar que os partidos usaram candidaturas femininas fictícias, fraudando a cota de gênero.

O artigo 224 do Código Eleitoral prevê a realização de nova eleição, caso a nulidade, em caso de coação, fraude ou abuso de poder econômico nas eleições, atinja mais da metade dos votos.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas