Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > POLÍCIA

Anthony foi envenenado na véspera do aniversário de 5 anos

Nessa terça-feira, dia 28, ele completaria nova idade, mas a data foi marcada pelo luto, velório e sepultamento do menino


				
					Anthony foi envenenado na véspera do aniversário de 5 anos
Anthony foi morto por envenenamento.. Divulgação

Anthony Levy Nascimento dos Santos foi morto por envenenamento às vesperas do aniversário de 5 anos. O pai dele confessou o crime e está preso. A morte do menino ocorreu na segunda-feira (27).

Nessa terça-feira, dia 28, Anthony completaria nova idade, mas a data foi marcada pelo luto, velório e sepultamento do menino.

Leia também

No sepultamento, a mãe de Anthony havia dito à TV Gazeta que o menino era saudável e lembrou que nesse mesmo dia era o aniversário dele.

“Perfeitamente saudável, foi quando ele foi para a escola e aconteceu tudo isso. Hoje, dia 28 de maio, quando eu deveria estar comemorando o aniversário do meu filho, eu tou aqui velando ele”, disse a mãe.

O pai é Matheus Soares, de 23 anos. Ele, inclusive, deu entrevista à TV Gazeta durante o velório do menino. Ele disse que foi acordado por Anthony o avisando que era hora de ir para a escola. Em seu relato, antes de ir para a creche, ele passou na casa da ex-companheira e mãe de Anthony, pegou o fardamento do garoto e depois seguiu para creche.

A princípio, o Instituto Médico Legal (IML) já havia identificado presença de susbtância estranha no organismo do garoto. Em seguida, imagens de videomonitoramento da creche ajudaram a Polícia Civil a chegar no principal suspeito: o pai de Anthony.

O vídeo mostrou que ele jogou um frasco dentro da escola do filho. O material foi recolhido por uma funcionária da creche e entregue a polícia. As investigações detectaram a presença de veneno no material.

Ao ser interrogado, o pai confessou o crime “por questões de separação e fim de relacionamento conturbado" com a ex-companheira.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas