Desorientados, filhotes de tartaruga vão em direção contrária ao mar na Jatiúca

Segundo o Biota, os animais podem ter sido atraídos pela iluminação pública

Turistas que percorriam a Orla da Jatiúca, em Maceió, depararam-se com diversos filhotes de tartaruga que percorriam, desorientados, a areia da praia, em direção contrária ao mar. A situação foi registrada em vídeo e ocorreu na noite desta terça-feira (18).

Segundo o diretor do Instituto Biota, Bruno Stefanis, a desorientação das tartarugas podem ter ocorrido pelo que se chama de fotopoluição. Quando os animais marinhos são atraídos pela iluminação artificial. Assim, elas seguem em direção contrária, achando que estão indo até o mar.

Um turista de Salvador, que passava pelo local, filmou o momento e acionou a equipe do Biota, que se deslocou à praia da Jatiúca para identificar onde está o ninho. Segundo Bruno Stefanis, enquanto a equipe não chega, os próprios transeuntes estavam ajudando a colocar os animais no mar.

Segundo o projeto Tamar, a fotopoluição impacta significativamente todas as fases do ciclo de vida de uma tartaruga, mas o efeito é mais preponderante nos filhotes.

"Atualmente, a iluminação artificial é um dos tensores antrópicos de maior causa de distúrbios para o sucesso da conservação destes animais. Conhecida como fotopoluição, a presença prejudicial da iluminação artificial no meio ambiente afeta as tartarugas marinhas, principalmente em suas áreas de desova", explica.