Associação Comercial de Maceió repudia festa clandestina no Francês: "total desrespeito"

Evento clandestino ocorreu na última semana, gerando repercussão devido à quebra dos protocolos sanitários

A Associação Comerdial de Maceió divulgou, nesta quarta-feira (21), uma nota de repudio à festa clandestina ocorrida na última semana, na Praia do Francês, no município de Marechal Deodoro. A ACM declarou que "o ocorrido não pode ser considerado um evento” e sim um ato de irresponsabilidade."

A Associação ainda salientou que o ocorrido foi um total desrespeito e falta de empatia com toda sociedade, considerando os cuidados necessários na pandemia, além de que o setor de eventos têm lutado para retomar o seu funcionamento dentro das normas de segurança sanitária estabelecidas pelo Estado.

Veja a nota abaixo:

A delegada Ana Luíza Nogueira está encarregada de investigar o evento ilegal na Praia do Francês, que gerou grande aglomeração. O Ministério Público de Alagoas (MP/AL) também abriu um procedimento de apuração após o caso ganhar repercussão com a divulgação de vídeos e fotos.

A FESTA

A festividade clandestina realizada no último fim de semana teve uma série de vídeos e fotos compartilhados amplamente nas redes sociais. Nas gravações, é possível ver muita gente próxima, dançando e sem usar máscaras. Estas atitudes, atitudes como essa infringem o mais recente decreto governamental, que, apesar de liberar eventos, exige dos organizadores o distanciamento adequado entre as pessoas e a utilização da proteção no rosto.