Ação evita que 340 toneladas de lixo cheguem ao Riacho Salgadinho

Redes instaladas nos canais retiveram entulhos carregados pelas águas das chuvas

Várias ações reduziram os danos que as chuvas poderiam causar em Maceió. Uma delas foi a instalação de redes de contenção em canais. A iniciativa evitou que 340 toneladas de resíduos fossem parar no Riacho Salgadinho, o equivalente à capacidade de 19 caçambas.

O trabalho é realizado pela Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes). As redes instaladas nos canais conseguem reter entulhos carregados pelas águas das chuvas e, assim, não chegam em galerias ou no Riacho Salgadinho.

No período de janeiro a março de 2021, a Sudes retirou 400 toneladas de lixo e entulhos do Salgadinho. Neste ano, com o trabalho preventivo, as equipes recolheram 60 toneladas. A ação evitou que 340 toneladas de lixo chegassem ao riacho, quantidade que seria preciso 19 caçambas para realizar a limpeza. O cálculo leva em consideração que cada veículo suporta 18 toneladas de resíduos.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) também contribui com o avanço da limpeza da cidade. Essa semana 40 profissionais foram contratados para trabalhar exclusivamente na limpeza e drenagem em pontos críticos. Já foram recolhidas 68 toneladas de entulhos nas galerias de águas pluviais, entre janeiro e março deste ano.  

*Com assessoria

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p