Advogado acusado de tentar matar empresário na Pajuçara é condenado a 10 anos de prisão

Em 8 de maio de 2011, Anthony Silva teria efetuado 12 disparos de arma de fogo contra a vítima, após uma discussão que envolvia questões de um condomínio; decisão do foi publicada nessa terça-feira (25)

O pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas condenou o advogado Anthony Silva Sampaio de Melo a 10 anos de prisão em regime fechado por tentativa de homicídio contra o empresário Antonio Acioly, em 2011, no bairro Pajuçara, em Maceió. A decisão do foi publicada nessa terça-feira (25).

Em 8 de maio de 2011, o advogado teria efetuado 12 disparos de arma de fogo contra a vítima, após uma discussão que envolvia questões de um condomínio, onde o acusado e o empresário moravam. O crime aconteceu na garagem do prédio.

À época, com 65 anos, Antonio Acioly foi atingido por oito tiros. Devido aos ferimentos, ele passou por 15 procedimentos cirúrgicos e perdeu 38 quilos, além de perder 3,5 metro de intestino, 70% da função renal e ter a perna estilhaçada.