VÍDEOS: PM reformado agride e ameaça jovem em União dos Palmares

Élcio Sarmento fazia vídeo contra medidas de restrição impostas pelas autoridades municipais e estaduais

Um policial militar reformado, identificado como Élcio Sarmento, agrediu e ameaçou de prisão um jovem que o questionou a respeito da ausência do uso da máscara de proteção nesta quinta-feira (07). 
Momentos antes da agressão, o PM gravava um vídeo contra as medidas de isolamento social impostas pelo governo estadual e o fechamento de ruas pela prefeitura de União dos Palmares, interior de Alagoas.
Nas imagens, ele chama o decreto estadual de inconstitucional e fala que desrespeita o direito de ir e vir do cidadão. Próximo ao fim do vídeo, um jovem o alerta que o recomendado é usar a máscara ao sair de casa. Em seguida, o policial diz que ele está errado e que o material é opcional.
Durante a discurso, o PM reformado afirma ser autoridade, ameaça prender o jovem por desacato a autoridade e fala que pretende ligar para a polícia. Na ocasião, o rapaz pede para que ele realize a ligação. 
Em outras gravações feitas pela população e que mostram a agressão, Élcio imobiliza o jovem com os pés e o chuta. A dupla é separa por uma terceira pessoa. 
Procurada, a supervisão do 2º Batalhão de Polícia Militar (BPM) informou que não foi procurada ou notificada do caso, mas que ficou ciente por outros meios. Em entrevista, contudo, o comandante do Batalhão informou que o caso estava na Corregedoria-Geral da Força.
Por meio de nota, a 5ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas repudiou a agressão praticada pelo policial militar reformado e frisa que o ocorrido representa uma ação de desrespeito às leis brasileiras. 
"Adotaremos as providências cabíveis ao caso e cobraremos das autoridades o rigo na apuração dos fatos que, por si só, falam dispensando testemunhas", informa trecho do comunicado. 
A assessoria da Polícia Militar não respondeu aos contatos da Gazetaweb.
Decreto estadual 
O Decreto Estadual de Emergência, publicado na última terça-feira (5), torna obrigatório, para todos os cidadãos e em todo o território do Estado de Alagoas, o uso de máscaras ao sair de casa. As medidas são amparadas em Lei Federal e Decreto Interministerial aprovadas no Congresso Nacional, e não tiveram constitucionalidade questionada por tribunais superiores.
Veja vídeos do momento: