Temporal deixa ruas alagadas e derruba telhado de imóvel em Palmeira dos Índios

Equipes da Secretaria Municipal de Urbanismo estão trabalhando no bairro de Palmeira de Fora, que foi bastante atingido pelo temporal

Fortes chuvas atingiram a cidade de Palmeira dos Índios, no Agreste de Alagoas, nesta quarta-feira ( 14). O temporal, que segundo a prefeitura do município durou cerca de 1h30, foi suficiente para alagar ruas e derrubar estruturas de alvenaria. Equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBM/AL) estão em alerta.

A água causou danos em várias partes da cidade. No Centro, imagens mostram a lama dentro de lojas e ruas totalmente cobertas. Segundo a prefeitura, equipes da Secretaria Municipal de Urbanismo estão trabalhando no bairro de Palmeira de Fora, que foi bastante atingido pelo temporal. A equipe está retirando árvores, limpando as ruas e desobstruindo galerias.

A força do temporal fez com que o telhado do antigo Bar Gôta D’água, que fica às margens do Açude do Goiti, desabasse parcialmente. A água também desceu com muita força no bairro Alto do Cruzeiro, passou pela rua ao lado da Catedral Diocesana e seguiu ladeira abaixo pelo Centro da cidade, em direção à Estação Ferroviária.

Além disso, um cano de água da Casal estourou também no bairro Alto do Cruzeiro, trazendo ainda mais transtorno para os moradores da localidade. Boletim divulgado mais cedo pela Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) não fez menção a chuvas fortes nesta região.

Temporal deixa ruas alagadas e derruba telhado de imóvel em Palmeira dos Índios - Foto: Ascom Palmeira dos Índios

AVISO METEOROLÓGICO

O aviso meteorológico era sobre as condições atmosféricas próximas a costa leste do Nordeste que devem provocar pancadas de chuva intercaladas com períodos de tempo seco em pontos isolados do Litoral, Baixo São Francisco e Zona da Mata a partir da manhã desta quarta-feira (14), podendo se estender pelo menos até a sexta-feira (16). A chuva pode atingir as outras regiões ambientais do estado, com menor intensidade.

Segundo a Semarh, essas chuvas previstas não trazem risco de transbordamento nas principais bacias hidrográficas de Alagoas e também não impactarão nos níveis das lagoas. No entanto, pancadas intensas poderão provocar alagamentos em áreas vulneráveis com deficiência de drenagem, principalmente em áreas urbanas impermeabilizadas, transbordamento de pequenos riachos e movimentações de massa em áreas de encosta.

É importante ressaltar que como a chuva prevista para estas áreas será localizada, a precisão da localização e intensidade só poderá ser prevista com algumas horas de antecedência, mediante o monitoramento contínuo.

A Sala de Alerta segue monitorando as condições sinóticas e novas atualizações poderão ser enviadas a qualquer momento. O acompanhamento da previsão do tempo e do monitoramento dos rios pode ser feito pelo site da Semarh, por meio dos seguintes links: http://www.semarh.al.gov.br/tempo-eclima/previsao e http://www.semarh.al.gov.br/boletim-hidrologico.­

Por meio de nota, a Prefeitura de Palmeira recomendou que, em caso de rajadas de vento, o cidadão não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas, e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. A população também deve evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Em caso de ocorrência a população deve ligar para o Corpo de Bombeiros: 193; Defesa Civil Municipal: 99301.6633; e Secretária de Urbanismo: 99686.4990.