Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > INTERIOR

PC/AL prende em Piranhas professor suspeito de estuprar ex-alunas

Meninas, que foram alunas do suspeito em escola de Canapi, disseram que foram assediadas pessoalmente e, também, por mensagens

Um homem de 37 anos, professor em uma escola municipal de Canapi, foi preso sob a acusação de estupro de vulnerável praticado contra duas ex-alunas. A prisão foi realizada na quarta-feira (21), em Piranhas, através de uma ação comandada pelo delegado Daniel Mayer e a equipe do 30° Distrito Policial (30°DP) de Canapi.

O homem é apontado por uma de suas supostas vítimas, uma adolescente, de 16 anos, que alega ter sido violentada após ser dopada com substâncias químicas.

O primeiro crime teria ocorrido em maio de 2023, quando a vítima foi arrastada para um terreno escuro e densamente vegetado, onde identificou que se tratava do professor. A criança, coagida a manter silêncio, enfrentou ameaças constantes do suspeito, vivendo com o receio de revelar o ocorrido por um longo período, já que o abusador, além de professor, tinha parentesco familiar com a vítima.

A coragem para denunciar só surgiu em janeiro deste ano, quando a vítima, através de comentários, tomou conhecimento de que outra criança, de apenas 11 anos, da mesma escola, teria sido supostamente assediada pelo mesmo homem, resultando no afastamento do professor de suas atividades na instituição.

Artigos Relacionados

A primeira vítima teve seu caso devidamente investigado, culminando na decretação da prisão preventiva do suposto estuprador.

O outro caso, envolvendo a segunda criança, ainda está em fase de investigação pelas autoridades policiais.

As meninas que foram alunas do professor na escola municipal de Canapi disseram que foram assediadas pessoalmente e, também, por mensagens.

O abusador foi preso na cidade de Piranhas, na residência de seu pai.

*Com assessoria

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas