Fiscais da Adeal flagram 3,5 toneladas de carne imprópria para consumo

Segundo Ygor Pimental de Farias, chefe do Núcleo de Trânsito da Adeal, a fiscalização de rotina acontecia em trecho de rodovia

Fiscalização da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) culminou, na tarde desta sexta-feira (11), com a apreensão de 3,5 toneladas de carne imprópria para o consumo. A abordagem ocorreu em Anadia.

Segundo Ygor Pimentel de Farias, chefe do Núcleo de Trânsito da Adeal, a fiscalização de rotina acontecia em trecho de rodovia que corta a cidade de Anadia, quando abordou condutor de um caminhão e foi encontrada grande quantidade de carne sem refrigeração adequada (se aproximava de trinta graus).

"Esse caminhão estava transitando quando houve a abordagem, flagramos dez carcaças e 3,5 toneladas de carne armazenada sem sistema de refrigeração. Essa quantidade foi informada pelo condutor", explica Ygor Pimentel.

O condutor do caminhão - que informou que levaria a carne para comercialização em Maribondo - será autuado por transitar com mercadoria imprópria para consumo - de acordo com a Adeal.