Vítima de atentado em Paulo Jacinto segue em hospital à espera de nova cirurgia

Lérida Lôbo já realizou dois procedimentos cirúrgicos e, agora, deve passar pela terceira operação nos próximos dias

A pré-candidata a deputada federal Lérida Lôbo, de 49 anos, deve realizar uma nova cirurgia nos próximos dias, segundo nota divulgada nas redes sociais da ONG de animais que a vítima preside.

Lérida já tinha se submetido a uma cirurgia no braço no Hospital Geral do Estado (HGE), unidade à qual foi levada logo após o crime, ocorrido na última quinta-feira (4) . Em seguida, a vítima foi transferida para um hospital particular em Maceió, onde realizou mais um procedimento, desta vez vascular.

Agora, Lérida precisa passar por uma cirurgia ortopédica, que deve ser realizada em breve. Ela, no entanto, segue estável na unidade hospitalar, segundo a nota.

“Lérida Lôbo segue internada e o quadro de saúde da paciente é estável. Ela, agora, aguarda uma cirurgia ortopédica. Lérida tem sido atualizada de todo amor e carinho que tem recebido por vocês. Continuem orando”, diz a nota.

Lerida foi vítima de um atentado na cidade de Paulo Jacinto, na Zona da Mata de Alagoas. Os disparos também atingiram o marido dela, José Adilson, de 24 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

A polícia trata o caso como uma emboscada, ocorrida em frente à ONG Anjinhos de 4 Patinhas. O inquérito está sendo conduzido pelo delegado Thales Araújo, da Gerência de Inteligência Policial (Ginpol), por determinação da Delegacia Geral.