Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > GERAL

MPAL pede suspensão de torcidas organizadas por 180 dias

Decisão se deu após as cenas de vandalismos registradas no último fim de semana, em Maceió

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPAL), por meio de ação civil com pedido de liminar, solicitou a suspensão das torcidas organizadas Mancha Azul e Alvirrubro de comparecimento em praças desportivas, bem como a suspensão das atividades de ambas pelo prazo de 180 dias e a entrada de torcida única nos clássicos entre CRB e CSA por seis meses.

A decisão se deu após o enfrentamento comprovado das torcidas, com cenas de vandalismos no último fim de semana. Vídeos que circulam nas redes sociais mostraram a ação em ruas da capital. Um homem, inclusive, teve o carro depredado.

O MPAL ressaltou também que, mesmo com o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que foi firmado entre as diretorias das duas agremiações e a participação Polícia Militar, como forma de prevenção a atos violentos, as cenas protagonizadas pelas torcidas organizadas ainda ocorreram em Maceió, o que ignora todas as cláusulas.

Artigos Relacionados

Os promotores Sandra Malta e Bruno Baptista alertaram sobre as reincidências, mostrando que o ocorrido recentemente não se trata de um caso isolado.

Para a decisão, os promotores solicitaram relatório do Comando de Policiamento da Capital (CPC), contendo pormenores sobre os atos de vandalismo das duas torcidas.

*com informações da assessoria.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas