Às vésperas das eleições gerais, TRE/AL emite zerésima com presença de órgãos fiscalizadores

Cerimônia ocorreu na sede do Tribunal Eleitoral Regional, em Maceió; mais de 2,3 milhões de alagoanos vão às urnas neste domingo (2)

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) realizou, neste sábado (1º), véspera das Eleições Gerais, a cerimônia de emissão do relatório da zerésima do Sistema Gerenciamento da Totalização dos Resultados (SISTOT). O documento exibiu a inexistência de votos computados antes do início do pleito, que ocorre neste domingo (2).

O evento ocorreu na sede do TRE, no bairro Farol, em Maceió. Representantes do Ministério Público (MP), da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), entidades fiscalizadoras e profissionais da imprensa foram convidados pela Comissão Apuradora das Eleições para acompanhar a cerimônia.

"Esse é o sistema que absorve todas as informações que saem das urnas e será nesta sala que faremos a apuração. Já preparamos as urnas eletrônicas, elas foram distribuídas para as seções eleitorais. Neste procedimento, nós demosntramos que não há votos computados, confirmando que está tudo pronto e correto para as eleições. Este momento, inclusive, reforça a transparência da Justiça Eleitoral", afirmou o Secretário de Tecnologia da Informação do TRE, Henrique Melo.

Cerca de oito mil urnas eletrônicas forma distribuídas paras suas respectivas seções em Alagoas. O procedimento realizado no TRE/AL ocorre em todo o Brasil, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e, por fim, nos cartórios eleitorais.

Além do relatório da zerésima, ocorreu o processamento de eventuais alterações de situação e de dados dos candidatos e partidos (ARC) e a liberação das funcionalidades relativas ao gerenciamento da totalização dos resultados no SISTOT.

A cerimônia foi conduzida pelo desembargador eleitoral Ney Alcântara, presidente substituto da Comissão Eleitoral. Também estavam presentes Antônio Henrique de Amorim Cadete, do Ministério Público Federal, e o advogado David Lima Rocha, do Observatório Eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil. Representantes do Tribunal de Contas da União também participaram do evento.