Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > ESPORTES

Paquetá é acusado de manipulação de resultados na Premier League

Jogador foi acusado formalmente e tem até o dia 3 de junho para se defender


				
					Paquetá é acusado de manipulação de resultados na Premier League
Paquetá negou as acusações e disse que vai lutar para provar a sua inocência. Reprodução

Lucas Paquetá, da Seleção Brasileira e do West Ham, foi denunciado pela Federação Inglesa por má conduta em relação a apostas em quatro partidas da Premier League 2022/23. De acordo com a acusação, ele teria recebido cartões amarelos de forma proposital para beneficiar apostadores.

Em comunicado publicado em suas redes sociais, Lucas Paquetá desabafou, negou as acusações e disse que vai lutar com todas as suas forças para provar a sua inocência.

Leia também

Confira o comunicado divulgado pela FA sobre Lucas Paquetá:

Lucas Paquetá, do West Ham United, foi acusado de má conduta em relação a supostas violações das Regras E5 e F3 da FA.

O jogador foi acusado de quatro violações da Regra E5.1 da FA em relação à sua conduta nos jogos do clube na Premier League contra o Leicester City, em 12 de novembro de 2022; Aston Villa em 12 de março de 2023; Leeds United em 21 de maio de 2023; e AFC Bournemouth em 12 de agosto de 2023.

Alega-se que ele procurou influenciar diretamente o andamento, a conduta ou qualquer outro aspecto ou ocorrência nessas partidas, buscando intencionalmente receber um cartão do árbitro com o propósito indevido de afetar o mercado de apostas para que uma ou mais pessoas lucrarem.

Lucas Paquetá também foi acusado de duas violações da Regra F3 da FA em relação a supostas falhas no cumprimento da Regra F2 da FA.

O jogador tem até 3 de junho de 2024 para responder a estas cobranças, sujeito a qualquer pedido de prorrogação deste prazo.

A FA não fará mais comentários até a conclusão deste caso.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas