Rodinei mais perto do Olympiakos frustra planos do Grêmio

Tricolor já tinha aberto conversas, mas tendência é que o lateral-direito vá para o futebol europeu

Depois da confirmação de que o lateral-direito Rodinei tinha encerrado as negociações para tratar de uma possível renovação com o Flamengo, o Grêmio apareceu como um dos times com maior interesse em reforçar o plantel com o atleta que passou pelo arquirrival, o Inter, em 2020.

Até mesmo aspectos relacionados a uma proposta mais concreta já estariam previamente definidos. Entre salários e luvas contratuais, a ideia do Tricolor era oferecer vencimentos mensais acima da casa dos R$ 500 mil. O valor, acima do proposto por clubes como Atlético-MG e Botafogo, gerou otimismo por um desfecho positivo

Porém, apesar dos esforços gremistas para contar com o nome que fazia parte da lista de indicados por Renato Portaluppi, a tendência é de que o jogador com 30 anos de idade aceite oferta que foi feita nas últimas horas pelo Olympiakos, da Grécia.

Além do desejo de atuar na Europa, elementos como a boa relação de seu empresário com a equipe grega e um vínculo mais longo são pontos que deixam o atleta apenas pela conclusão de trâmites burocráticos para a oficialização do acerto.