Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > ALAGOANO

Sem chances de deixar o Z4 nesta rodada, CSA tenta reação contra o Tombense

Resultados da rodada foram prejudiciais para o Azulão, que precisa vencer para seguir com chances de deixar zona da degola

Nesta segunda-feira (26), o CSA enfrenta o Tombense, às 20 horas, para fechar a 31ª rodada da Série B do Brasileiro. O confronto, que acontece no Estádio Rei Pelé, em Maceió, é de extrema importância para os azulinos. Isso porque, em caso de derrota, a equipe garantirá sua vaga no Z4 até o início 33ª rodada, pelo menos. Para os mineiros, vale um lugar na metade de cima da classificação.

Panorama

A rodada foi bem cruel para o Azulão, já que diversos adversários diretos conseguiram vencer. Guarani e Vila Nova triunfaram. E, por conta do resultado positivo dos goianos, o CSA não pode deixar a zona do rebaixamento, mesmo que vença o Tombense. Por causa dos critérios de desempate. O clube azulino está na 17ª posição, com 32 pontos, três a menos que o Guarani, que é o primeiro fora. A parte boa é que Chapecoense, Novorizontino, Náutico, Brusque e Operário não venceram.

Leia também


				
					Sem chances de deixar o Z4 nesta rodada, CSA tenta reação contra o Tombense
CSA não vence há três partidas na Série B. Ailton Cruz

O Gavião faz um campeonato bem mais tranquilo. Com os jogos já realizados na rodada, o Tombense caiu para a 12ª posição da Série B, com 40 pontos. Um tanto longe da zona do rebaixamento. Como uma das novidades desta edição, a equipe mineira tem um objetivo muito claro: a permanência. Por isso, um resultado positivo em Maceió tranquilizaria o Alvirrubro de uma vez.

CSA

A derrota para a Chapecoense, há mais de uma semana, ainda vem custando caro para o CSA. Contudo, a equipe alagoana tem a vantagem de entrar em campo já sabendo todos os resultados dos adversários diretos. São, pelo menos, outros sete clubes brigando junto com o Azulão contra a queda.

Para enfrentar o Tombense, o principal reforço do técnico Roberto Fernandes será o retorno do meia Gabriel. E isso acontece em uma hora perfeita. Na rodada passada, o volante Rickson acabou sendo expulso, o que abriu uma vaga no time titular. Por outro lado, caso Gabriel ainda não esteja 100%, é possível que Tito Canteros entre na posição.


				
					Sem chances de deixar o Z4 nesta rodada, CSA tenta reação contra o Tombense
Capitão em boa parte da temporada, Gabriel deve deixar o CSA em breve. Ailton Cruz

Outro desfalque importante é no gol. O goleiro Marcelo Carné também foi expulso contra os catarinenses. Contudo, o antigo reserva imediato, Jean, não deve ser escolhido. Isso por conta da bela atuação de Paulo Ricardo no último jogo. O CSA ainda conta com o retorno do atacante Rodrigo Rodrigues, que cumpriu suspensão, mas deve começar no banco.

Outro que volta é o lateral Diego Renan. Inclusive, a chance de Diego começar entre os titulares é altíssima. Werley é a principal dúvida, mas é provável que não jogue. A escalação do Azulão para encarar o Tombense deve ter: Paulo Ricardo; Igor, Guilherme Paraíba, Lucão e Diego Renan; Geovane, Giva Santos, Gabriel (Canteros) e Lourenço; Lucas Barcelos e Elton.

TOMBENSE

Apesar de ser uma das maiores surpresas da Série B, o Tombense atravessa um momento delicado. São três derrotas nas últimas cinco partidas. Por conta disso, o sinal de alerta contra o rebaixamento começou a soar. Entretanto, o clube mineiro está muito próximo da permanência. O ideal são duas vitórias nos oito embates restantes.

O atual técnico do Gavião, Bruno Pivetti, irá reencontrar o CSA com o importante retorno do atacante Everton Galdino. Entretanto, o jogador terá que superar a concorrência do experiente Ciel, que vive boa fase. Por outro lado, também existe a possibilidade de Galdino jogar no lugar de Matheus Frizzo e a formação mudar para o 4-4-2.


				
					Sem chances de deixar o Z4 nesta rodada, CSA tenta reação contra o Tombense
Everton Galdino deve retornar para a sua posição de origem, no ataque. Victor Souza/Tombense

Luan, jogador importante no elenco de Pivetti, segue no Departamento Médico. A boa notícia é que Keké se recuperou de última hora e pode jogar. Por outro lado, na lateral direita, David parece ter vencido a concorrência de Diego Ferreira e segue como titular. A dúvida segue na esquerda, com a briga entre Manoel e Emerson.

Prezando um pouco mais pelo sistema defensivo, o Alvirrubro Mineiro perdeu o zagueiro Roger Carvalho, que é dúvida. Por isso, deve jogar com: Felipe Garcia; David, Ednei, Marcondes e Emerson (Manoel); Rodrigo, Zé Ricardo e Jean Lucas; Matheus Frizzo (Everton Galdino), Keké (Nenê Bonilha) e Ciel.

Arbitragem

Maguielson Lima Barbosa (CBF/DF) será o árbitro do duelo, no Rei Pelé. Alessandro Álvaro Rocha de Matos (FIFA/BA) e Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF/DF) ficam como assistentes, em campo. Jonata de Souza Gouveia (CBF/AL) será o quarto árbitro. Na cabine do VAR, Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA/SP) comandará como árbitra de vídeo. Fabricio Porfirio de Moura (CBF/SP) será seu assistente.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas