Rei Pelé é reprovado em vistoria da PM e não pode receber jogos

Estreia do Campeonato Alagoano no Trapichão no próximo domingo está comprometida

O Estádio Rei Pelé foi vetado pela Polícia Militar em vistoria realizada na tarde desta quarta-feira (20). Com isso, o espaço está impossibilitado de ser utilizado no próximo domingo (24), na estreia do Campeonato Alagoano de futebol. A maior praça esportiva receberia a partida entre CRB x Murici, pela primeira rodada do estadual.
De acordo com o setorista da Federação Alagoana de Futebol (FAF), o repórter Orlando Batista, do Timaço da Gazeta, a federação foi comunicada de que o estádio foi vetado. O presidente da federação, Felipe Feijó, aguarda uma solução por parte do Governo do Estado para saber se pode ou não marcar o jogo para o Rei Pelé.
Segundo a Polícia Militar, a permissão para a realização do jogo não pôde ser emitida porque faltaram resolver problemas considerados importantes pela equipe que realizou a vistoria, como a instalação de câmeras, catracas e o buraco na parte lateral do Rei Pelé. Uma nova vistoria será realizada na próxima sexta-feira pela Polícia Militar e, caso todos os pontos estejam resolvidos, o Rei Pelé pode ser liberado.
Em entrevista ao programa "Bola Quente", da Rádio Gazeta AM, os presidentes de CSA e CRB comentaram sobre o veto do Rei Pelé para receber partidas. Eles participaram de uma reunião junto à secretária de esporte, lazer e juventude do estado, Cláudia Petuba, e um dos pontos abordados foi a interdição do Trapichão. O presidente do Galo, Marcos Barbosa, avaliou a reunião com a Secretaria de Esporte Lazer e Juventude (Selaj) como positiva.
"Acho que foi uma reunião boa, mas precisamos de decisões. Nós não podemos deixar que o Estádio Rei Pelé, que teve duas reformas recentes, chegue nessas condições. Vamos requerer a documentação da firma que realizou a última reforma e fazer uma verificação dos serviços que foram feitos. Como deputado estadual e membro da comissão de obras, vamos atuar junto ao governador Renan Filho para que possamos resolver essa questão".  
Já o presidente do Azulão, Rafael Tenório, falou sobre a situação encontrada por ele no último domingo (17), quando o CSA encarou o Treze-PB no Rei Pelé.
"Nós entramos pelo portão quatro e vimos uma situação difícil do Rei Pelé, como lâmpadas queimadas, banheiros sem funcionar. Os cuidados têm sido tomados nos setores que o torcedor enxerga, mas a parte interna de estrutura para os clubes, incluindo também a segurança, precisa melhorar".
De acordo com as informações passadas pela assessoria da Selaj, a vistoria da PM apenas requisitou alguns ajustes em um setor específico do Estádio Rei Pelé e que, diante disso, a arena estará pronta para a partida do próximo domingo. 
Murici pode ser eliminado do campeonato
A equipe do Murici corre risco de ser excluída do campeonato. Isso porque, apesar de ter aderido ao Profut, a equipe da Zona da Mata ainda não apresentou os laudos exigidos pela FAF para a participação das equipes no Campeonato Alagoano. Caso não apresente esses laudos até a próxima sexta-feira (22), a equipe deve ser excluída da competição. O Murici tem estreia marcada contra CRB, no Trapichão, no próximo domingo (24).