Querendo fugir da lanterna, Murici visita o Bahia de Feira, na Arena Cajueiro

Verdão tem pior campanha do grupo, mas pode eliminar o time baiano matematicamente

O Murici tem um desafio importante às 16 horas deste domingo (29). A equipe alagoana visita o Bahia de Feira, atual vice-campeão baiano. A partida acontece em Feira de Santana, na Arena Cajueiro, onde o time mandante busca manter vivas suas chances de classificação. Já o Verdão, tenta deixar a lanterna do grupo.

Cenário

Para o Murici, a coisa é igual em boa parte da competição. A equipe está na lanterna do grupo, com apenas cinco pontos, e dificilmente terminará fora dessa posição. Já o Bahia, é o 6º colocado, com 12 pontos. Apesar da situação difícil, o Tricolor de Feira ainda tem chances de avançar. No primeiro turno, o Verdão venceu, por 2 a 0, dentro de casa.

Murici

O Verdão está em modo de férias na Série D. Com uma campanha bem discreta, a equipe alviverde apenas cumpre tabela nas duas rodadas finais. O time só tem uma vitória no campeonato, justamente contra o Bahia, na 2ª rodada.

Tendo apenas mais dois jogos na temporada, Murici segue sua preparação - Foto: Erivan Batista

Para o jogo, o técnico interino Sinval conta principalmente com o artilheiro Igor Bahia, que tem sete gols na Série D e, inclusive, marcou na derrota para o ASA, por 4 a 2. O time do Verdão deve ser: Gustavo; David (Alisson), Henrique, Gabriel e Maykon; Rambo, Guêba e Tauan (Rafinha); Luciano, Kiko Alagoano e Igor Bahia.

Bahia de Feira

O Tricolor de Feira não tem motivos para reclamar, pelo contrário, chega motivado para a partida. O técnico Índio Ferreira, que é alagoano, tem todos os seus atletas a disposição e poderá finalmente usar força máxima após o meia Breno cumprir suspensão no confronto com a Juazeirense.

Precisando vencer suas duas partidas finais, o Tremendão deve mandar a campo a seguinte equipe: Alan; Wellisson, Paulo Paraíba, Ricardo, Alex Cazumbá; Diones, Jarbas, Bruninho, Breno (Fabrício); Thiaguinho e Deon.

Arbitragem

No apito teremos a presença de Antonio Magno Lima Cordeiro (CBF/CE), que faz parte do quadro cearense. Jose dos Santos Amador (CBF/BA) e Wesley Silva Santos (CBF/BA) terão a responsabilidade das bandeirinhas, enquanto Josue Reis de Jesus Junior (CBF/BA) fecha o quarteto principal.