Com time de aspirantes, CSA empata sem gols com o Murici na abertura do Alagoano

Com a equipe principal ainda em pré-temporada em Pernambuco, Azulão entrou em campo com equipe sub-23

Na partida inaugural do Campeonato Alagoano, o CSA mandou a campo sua equipe sub-23 e ficou no empate sem gols com o Murici. A partida, que aconteceu na tarde deste sábado (20), foi realizada no Rei Pelé. Na cancha, a partida foi marcada pela falta de inspiração e pelo jogo equiparado.

Com o elenco ainda em formação, a comissão técnica tomou a decisão de atuar com a equipe de aspirantes. A opção de não mandar o time principal a campo foi uma estratégia para ampliar a curta pré-temporada e, com isso, ganhar um tempo maior para se preparar para o Estadual. Os comandados de Mozart seguem concentrados no CT do Retrô, na região metropolitana do Recife, em Pernambuco.

Com este resultado, o time azulino não conseguiu o começo dos sonhos em sua saga pelo 40º título na competição. Apesar de ter chances para decidir a partida e, com isso, sair de Maceió com o triunfo, o pontinho conquistado no Trapichão não é um mau negócio para o Verdão da Mata.

Agora, as equipes se preparam para a disputa da segunda rodada do campeonato. O CSA entra em campo já nesta quinta (25), às 20h, quando encara o Jaciobá no Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. O time alviverde, por sua vez, terá uma semana de preparação até a estreia em casa, neste sábado (20), às 19h, no José Gomes da Costa.

Faltou inspiração na disputa entre azulinos e alviverdes - Foto: Ailton Cruz

A partida

O jogo teve um início bastante equiparado, com as equipes trocando passes para encontrar brechas na defesa. Porém, depois dos 15 primeiros minutos, os times passaram a ser mais ofensivos, apostando na bola alçada na área.

A equipe alviverde conseguiu superar a disputa parelha e dominou as ações ofensivas, empurrando os garotos do Azulão contra a parede. Apesar da tentativa de pressão, o Verdão da Mata não conseguiu ser efetivo e não protagonizou lances importantes, sem causar perigo ao goleiro Victor.

Verdão da Mata conseguiu superar o equilíbrio e ficou com mais posse de bola - Foto: Ailton Cruz

O Murici voltou com uma arma surpresa para o segundo tempo. O atacante Zé Carlos, principal aposta da equipe para a temporada, entrou em campo e estreou com a camisa alviverde. Porém, apesar da entrada do artilheiro, a equipe da Zona da Mata viu o ímpeto dos garotos do Azulão se destacar e causar trabalho à sua defesa.

Assim como na etapa inicial, o Verdão cresceu na metade da partida, onde continuou apertando até o último apito. Reinaldo Alagoano teve uma grande chance de abrir o placar e garantir a vitória, mas desperdiçou e a disputa chegou ao fim sem as redes balançarem

Alviverdes tiveram a chance de sair com a vitória, mas a jovem defesa azulina se sobressaiu - Foto: Ailton Cruz

CSA - Victor; Athirson, Luan, Tito e Danilo; Zé do Carmo, Vinícius e João Victor; João Paulo, Bruno (Paquetá) e Wallace. Técnico: Adriano Rodrigues.

Murici - Rodrigo Dias; Alex Travassos (Rafinha), Uesles, Adalto e Neguinho Paraíba; Rambo (Gutti), Ramon e Diego Serra (Danilo); Kattê, Fabinho (Zé Carlos) e Reinaldo Alagoano. Técnico: Celso Teixeira.

Árbitro - Denis Ribeiro Serafim.

Assistentes - Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Maria de Fátima Mendonça.

Quarto árbitro - Gustavo da Silva.