Faltando duas rodadas para o fim, CEO é o primeiro rebaixado para a Segunda Divisão

Empate no último domingo (18) com o ASA colocou a equipe matematicamente na edição de 2022 da divisão inferior de Alagoas.

O momento que o torcedor do CEO menos esperava chegou. Depois de uma campanha ruim, com nenhuma vitória em sete partidas, a Estrela do Sertão caiu de divisão mais uma vez. O clube precisava vencer o ASA no Edson Matias neste domingo (18) para se manter vivo, porém o empate por 0 a 0 levou o time a dois pontos ganhos e não pode mais alcançar o Jaciobá, primeiro time fora da zona com seis pontos.

O CEO tem apenas mais uma partida para realizar no Estadual, contra o Jaciobá pela 8ª rodada, entranto uma vitória o levaria para cinco pontos, insuficiente para sair do Z-2. Em 2020 a Federação Alagoana de Futebol anulou o rebaixamento, levando 2021 a ter dois clubes rebaixados, e por conta disso, o máximo que o CEO pode fazer agora é não ser o lanterna.

O time olhodaguense cai após cinco anos na elite do futebol alagoano. Sendo o campeão da segunda divisão de 2016, o time se sustentou com boas campanhas e bem longe do rebaixamento. A melhor campanha no período foi em 2018, quando a equipe ficou no 5º lugar com 12 pontos ganhos, e só não chegou a semifinal por conta do saldo de gols.

Na briga contra a queda se mantém diversas equipes, sendo a mais preocupante a situação do Coruripe, que tem quatro pontos e já está dentro da zona perigosa. Além das emoções e partidas que decidirão as vagas na semifinal do Alagoano 2021, a briga contra o rebaixamento promete.

Já rebaixado e com uma campanha de 9% de aproveitamento, o time sertanejo se prepara para realizar seu último jogo do Estadual 2021 na próxima rodada, já que folgará na rodada final. O CEO vai visitar o Jaciobá, com local e horário ainda a serem definidos pela federação. O clube tricolor é bicampeão da segundona de Alagoas, os títulos foram conquistados em 2011 e 2016.