Em reformulação, CSA anuncia o desligamento de 13 jogadores

Didira e Luis Soares, que integrou a seleção do Alagoano, estão entre os que deixam o time do Mutange; atacante vai jogar a Série B pelo Atlético-GO

A terça-feira tem sido de dispensas no CSA. É que a direção azulina anunciou o desligamento de 13 jogadores do atual elenco e que, por isso, não vão seguir no Mutange para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D, com início no próximo dia 12 de junho.
Entre eles está o meio-campista Didira e o atacante Luis Soares, artilheiro azulino no Campeonato Alagoano, com sete gols marcados. Soares está se transferindo para o Atlético-GO, que vai disputar a Série B.
Luis Soares, inclusive, foi eleito para a seleção do Alagoano 2016, em concorrida solenidade realizada na noite dessa segunda-feira, em uma casa de show no bairro de Jatiúca, em Maceió. Ao todo, seis jogadores do CSA integraram a seleção.
Os outros atletas que estão deixando o vice-campeão alagoano são os goleiros Evandrízio e Jeferson Silva, os laterais Ronaldo e Hudson, o zagueiro Walter e o atacante David Denner.
E a lista não para por aí, pois, segundo o presidente do Conselho Deliberativo do Azulão, Raimundo Tavares, Bruno Santa Rosa (lateral), David, Escobar (volantes), Tiago Santos (meia) e Pedro Gusmão (atacante) também não devem renovar com o Azulão. Todos eles, assim como Didira, têm contratos que se encerram no próximo domingo (15).
Segundo Tavares, o caso de Didira, em especial, chama a atenção porque o jogador, após acertar o salário com o qual renovaria contrato com o time do Mutange, teria procurado o conselheiro e empresário João Feijó para tentar um aditivo, o que irritou o dirigente azulino.

No último domingo, logo após a final do Alagoano, o presidente azulino Rafael Tenório reforçou que o clube será reformulado visando à classificação para a Série C do Brasileiro, mantendo a base da equipe que chegou à decisão do Estadual.