Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

CSE sai atrás no placar duas vezes, mas reage e fica no 3 a 3 com a Jacuipense

Tricolorido chega a estar perdendo por 2 a 0, porém, com gols de Renato e Matheus sai de campo com um ponto

Não faltou emoção para quem acompanhou o duelo entre CSE e Jacuipense na tarde deste sábado (23). Jogando no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira do Índios, as equipes foram atrás de seus primeiros três pontos na Série D do Brasileiro. Contudo, a vontade foi tanta que ambos fizeram um jogo recheado de gols e empataram por 3 a 3, o que foi muito comemorado pelo Tricolorido.

Os gols do CSE vieram com Renato e Matheus Régis, este que marcou dois golaços. Já a Jacupa fez com Thiago, Danilo e Fábio Bahia. Com o placar, ambos sobem juntos para o G4, porém, podem ser ultrapassados pela galera que joga neste domingo (24). Como empataram duas vezes pelo mesmo placar, Índio e Jacupa ficam empatados no 2º lugar, com dois pontos.

Leia também

Os gols

No primeiro lance do jogo já tivemos bola na rede. O atacante Thiaguinho recebeu passe perfeito na esquerda, invadiu a área e tocou por cima de Jerfersson para marcar 1 a 0 para a Jacuipense. Já em desvantagem, o CSE tentou ir para cima. Na sequência, Jeandersson tentou chute perigoso de longe, mas o goleiro defendeu.

No desespero, o Tricolorido acabou se atrapalhando algumas vezes. Aos 11', Juliano recebeu belo cruzamento, chutou de primeira e o goleiro Mota defendeu mais uma. Thiaguinho, em contra-ataque, deu belo chute cruzado e Jerfersson espalmou, deixando claro que os goleiros seriam bem bombardeados ao longo do confronto.

O duelo estava equilibrado, mas, armada no contra-ataque, a Jacuipense foi muito efetiva. Após Jerfersson ser finalizado duas vezes, o atacante Danilo, camisa 11, mandou uma bomba de fora da área e encontrou o ângulo para ampliar, aos 25 minutos, sem chances para o goleiro palmeirense.

Alyson não gostou da atuação de alguns atletas e fez alterações já na primeira etapa. O Tricolorido não melhorou tanto, mas aproveitou-se da falha do goleiro Mota, aos 43 minutos, para diminuir. Renato, que não é bobo nem nada, roubou a bola e tocou para o fundo das redes, levando a diferença de um gol para o vestiário.

Etapa final

Motivado, o Tricolorido voltou com todo o vapor para o segundo tempo. Alyson Dantas mudou o time mais duas vezes e viu o resultado logo de cara. Aos 7 minutos, Matheus Régis fez uma jogada magnífica e chutou no ângulo de Mota para empatar o duelo por 2 a 2 e encher a torcida de esperanças.

O gol deixou o jogo totalmente aberto e com boas chances para as duas equipes. Porém, quando o CSE era melhor e parecia muito próximo de conseguir a virada, veio o balde de água fria. Aos 30 minutos, Fábio Bahia se aproveitou da falha da defesa para marcar um belo gol de cabeça: 3 a 2 para a Jacuipense.

Com a nova desvantagem, o CSE tinha tudo para partir para cima, e assim o fez. Mesmo um pouco desajustado na defesa, não fez mal, já que o clube foi raçudo para empatar. Novamente nos pés da estrela do jogo, Matheus Régis, que fez um golaço. Aos 44 minutos, aproveitando a blitz tricolorida, o atacante mandou uma bomba sem chances para Mota.

O divertido duelo não teve tempo para mais nada. Final: CSE 3x3 Jacuipense.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas

X