Após goleada por 6 a 0, Marcelo Buarque não é mais o técnico do CSE

Mesmo após grande vitória na Copa Alagoas, treinador deixa o comando do Tricolorido

E a dança das cadeiras começou em Alagoas. Marcelo Buarque não é mais o treinador do CSE. A decisão foi comunicada através das redes sociais do Tricolorido, na noite desta sexta-feira (14). Marcelo comandou o CSE em apenas uma partida oficial, na última quinta (13), quando venceu o Miguelense, por 6 a 0, no Juca Sampaio.

Junto com Marcelo, também deixaram o clube o auxiliar técnico Darcy Mendes e do analista de desempenho Thiago Fortes. Segundo a comunicação do clube, em contato com a Gazetaweb, a decisão veio a partir de uma conversa entre o presidente e o treinador.

O presidente do clube, Barbosa, também em contato com a Gazetaweb, disse que a decisão partiu do próprio CSE, porém, foi em uma situação completamente amigável. Ainda segundo o presidente, o treinador "reclamava muito" e o Tricolorido já está indo ao mercado para buscar um substituto.

A decisão vem em um momento crucial na temporada, onde o Tricolorido disputará duas competições: a Copa Alagoas e o Campeonato Alagoano. No segundo semestre, o time ainda joga a Série D do Brasil. Marcelo Buarque deixa o clube na 1ª posição do Grupo B da Copa Alagoas e ainda não há um nome para seu substituto.

Confira a nota oficial do clube, em suas redes sociais:

”A diretoria do CSE comunica a toda sua torcida que Marcelo Buarque não é mais técnico do clube. Junto com Marcelo, houve também o desligamento do auxiliar técnico Darcy Mendes e do analista de desempenho Thiago Fortes. A diretoria deseja sucesso em suas carreiras e agradece o trabalho prestado ao Tricolorido“