Apesar de não subir, CRB teve sua melhor campanha na história da Série B

Time de Allan Aal entra para a história com o Galo somando mais pontos na era dos pontos corridos

O fim de semana foi muito frustrante para o torcedor do Galo, que sonhou com o acesso desde a 1ª rodada da Série B. Sem subir, o clube regatiano terá que jogar a Série B, mais uma vez. Entretanto, a temporada de 2021 não foi completamente perdida, já que o atual plantel conseguiu quebrar o recorde de mais pontos conquistados em uma edição da competição. Lembrando que contando apenas as edições que tiveram 20 clubes enfrentando-se em pontos corridos.

Com 60 pontos, a atual campanha superou 2016, quando o clube regatiano fez 58 pontos e terminou também na sétima posição. A diferença é que em 2016, a nota de corte para subir foi mais baixa, já que o Bahia subiu em quarto, com 63 pontos. Em 2021, o Galo ficou quatro pontos atrás do último promovido, que foi o Avaí.

Curiosamente, em 2016 conseguiu mais vitórias do que em 2021, já que foram 17 vitórias, quatro empates e 14 derrotas, contra 16 vitórias, 12 empates e 10 derrotas da atual campanha.

Levando em consideração o primeiro turno, o desempenho da equipe caiu gradativamente, já que virou para as 19 rodadas finais com 33 pontos. No segundo turno, com apenas 27, ficou completamente distante dos outros clubes que cresceram e ficaram na sua frente, como nos casos de Botafogo (41), CSA (34) e Avaí (31).

Botafogo foi o melhor do segundo turno, e ultrapassou o CRB na tabela - Foto: Ailton Cruz

Nos pontos corridos, a pontuação de 60 do Galo poderia servir em algumas edições, como em 2007. Naquela temporada, o Vitória conseguiu subir em quarto, com apenas 59 pontos. Em termos de aproveitamento, com 52,6%, o Regatas igualaria Goiás (2018) e Figueirense (2013), que também subiram.

Entretanto, mesmo com o recorde batido, a torcida do CRB reclamou muito durante toda a competição, especialmente quando alcançou uma sequência de oito jogos sem vencer no Rei Pelé. Após brigar pela liderança em uma parte do campeonato, o time alagoano alcançou, com o sétimo lugar, sua terceira pior colocação em todo o campeonato.

A pior rodada do Galo foi a 5ª, quando virou a mesma em 10º lugar. Já as melhores foram a 20ª e 22ª, quando o clube regatiano ficou na segunda colocação da tabela. Na sequência final do campeonato, em cinco embates, foram duas vitórias e três derrotas, apenas seis pontos de 15 possíveis.