De olho na parte de cima da tabela, CRB enfrenta o Brusque no Trapichão

Com a possibilidade de terminar a rodada no 5º lugar, Galo da Praia tenta reencontrar vitórias jogando em Maceió

Neste sábado (16), às 16 horas, o CRB entra em campo para, novamente, colocar sua boa fase em cheque. A equipe regatiana encara o Brusque, pela 18ª rodada da Série B, no Estádio Rei Pelé. Após três empates seguidos como mandante, o Galo precisa do resultado positivo para terminar o primeiro turno dentro da briga direta pelo G4.

Cenário

O CRB vive uma fase estrondosa dentro da Segundona. Já são seis partidas seguidas sem derrotas. Além disso, o Galo conquistou 12 pontos de 18 possíveis, o que afastou o perigo da zona do rebaixamento. A campanha na tabela também não é de se jogar fora, já que o clube regatiano está na nona posição, com 23 pontos, apenas seis a menos que o primeiro time do G4.

CRB vem de empate ruim, contra o Guarani, dentro do Rei Pelé - Foto: Ailton Cruz

A campanha do Brusque é um pouco parecida, porém, a oscilação tem pesado contra os catarinenses. Entre vitórias e derrotas, o Quadricolor já acumulou 20 pontos nesta Série B. Com isso, o time catarinense está na 12ª posição, bem próximo do CRB. A boa notícia é que, se vencer esse embate direto contra os alagoanos, o Bruscão pode começar a sonhar com uma briga lá em cima.

CRB

A viagem de Ponta Grossa para Maceió foi longa, mas valeu a pena. Na mala, o Galo trouxe três pontos providenciais e teve 10 dias de preparação para o duelo contra os catarinenses, tempo que foi muito agraciado pelo técnico Daniel Paulista. Aliás, não foi o único presente do treinador, que terá retornos muito importantes.

O maior deles, sem dúvidas, é a volta de Anselmo Ramon. Fora das últimas duas partidas por conta de uma virose, o centroavante deve ser titular. Além disso, o zagueiro Wellington Carvalho vem se recuperando bem e pode jogar contra o Brusque. A dúvida é se começará jogando. Contudo, é provável que ele ganhe a vaga que seria de Iago Mendonça.

Com Anselmo e sem Romão, Umberto Louzer tem problemas para escalar o time regatiano - Foto: Ailton Cruz

Fora isso, outro retorno é o do atacante Maycon Douglas, que está disponível após ficar três meses fora. Richard, também atacante, está apto após suspensão. Os desfalques do Galo serão o zagueiro Gilvan, que está suspenso e lesionado, além do volante Marthã e do lateral esquerdo Guilherme Romão, que também seguem tratamento no Departamento Médico. Por outro lado, Claudinei pode ser relacionado e até começar jogando.

Aos poucos, Daniel Paulista vai abrindo mão do 3-5-2 e apostando no tradicional 4-3-3. Com isso, para voltar a vencer no Trapichão, o técnico deve apostar em: Diogo Silva; Raul Prata, Gum, Wellington Carvalho e Bryan (Reginaldo); Yago (Claudinei), Uillian Correia e Rafael Longuine; Fabinho, Emerson Negueba (Richard) e Anselmo Ramon.

BRUSQUE

O tempo de preparação do Bruscão também foi bom, porém, o time vai para a sua segunda partida seguida como visitante. Na semana passada, pela 17ª rodada, acabou sendo derrotado pelo Novorizontino, por 1 a 0, o que deu uma freada no bom início de trabalho do jovem técnico Luan Carlos. Muito por conta disso, inclusive, o técnico priorizou treinamentos na parte do ataque. O Brusque tem o 4º pior ataque da Série B, com 12 gols.

Após chegar em Maceió, o Marreco treinou sem algumas peças importantes. O lateral direito Toty, que costuma ser titular, não joga por ainda estar no Departamento Médico. Enquanto isso, o zagueiro Jefferson Bahia também está fora, por suspensão. Diego Jardel, que é meia, é outro indisponível para o treinador.

Brusque encerrou a sua preparação para encarar o CRB, na LS3 Arena, já em Maceió - Foto: Lara Vantzen/BFC

Com isso, Luan Carlos terá que montar uma nova estratégia. Para o lugar de Toty, o experiente Pará vira opção. Rodolfo e Balotelli também voltam e podem começar jogando. Assim, a escalação do Quadricolor deve ter: Jordan; Pará, Bruno Aguiar, Wallace e Airton; Rodolfo, Álvaro (Zé Mateus) e Balotelli; Fernandinho, Crislan e Alex Ruan.

Arbitragem

Jefferson Ferreira de Moraes (CBF/GO) apita o confronto no Rei Pelé. Também da federação goiana, virão seus assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA/GO) e Hugo Sávio Xavier Correa (CBF/GO). O 4º árbitro será Helder Brasileiro de Aquino (CBF/AL). Na cabine do árbitro de vídeo, os presentes serão José Claudio Rocha Filho (FIFA/SP), como VAR, e Amanda Pinto Matias (CBF/SP), como assistente.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p