Justiça concede medida protetiva a Naiara Azevedo contra o ex-marido

A cantora conseguiu o benefício, com base na Lei Maria da Penha, para resguardar a sua integridade física, psíquica, patrimonial e moral

A Justiça de Goiás deferiu uma medida protetiva em favor de Naiara Azevedo contra o ex-marido Rafael Alves Cabral, com base na Lei Maria da Penha, no intuito de resguardar a integridade física, psíquica, patrimonial e moral da artista. A informação foi dada pela equipe jurídica da cantora nesta quinta-feira (30).

Segundo o comunicado enviado à coluna, assinado pela advogada Maria Luiza Póvoa Cruz, “na madrugada desta quinta-feira (30), a advogada acompanhou a cantora na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Goiânia, para formalização do referido pedido de medida protetiva e demais ocorrências, objetivando o amparo legal contra práticas de constrangimento ilegal, lesão corporal, injúria, ameaça, apropriação indébita e violência patrimonial que vem sofrendo”.

A denúncia de Naiara Azevedo

A quinta-feira (30) começou alvoroçada com a notícia de que Naiara Azevedo foi vítima de violência doméstica e, por isso, procurou a Central de Flagrantes de Goiânia, em Goiás, para registrar queixa.

Leia a matéria completa em Metrópoles.com

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p