Danny Masterson, ator acusado de estupro, tem júri anulado

Os promotores de Los Angeles pediram a condenação do ator a até 45 anos de prisão

O julgamento por estupro do ator Danny Masterson, 46, da série de TV "That '70s Show", foi anulado na quarta-feira (30). Após cinco semanas de julgamento, os 12 jurados -seis homens e seis mulheres- não conseguiram chegar a uma decisão sobre se o ator era inocente ou culpado.


Os promotores de Los Angeles pediram a condenação do ator a até 45 anos de prisão. Mas após a anulação do julgamento, agora eles precisam decidir quando será marcada uma nova data. O ator se declarou inocente das acusações.


Masterson foi acusado de estupro por três mulheres, entre 2001 e 2003. Durante o julgamento, foram ouvidos depoimentos, entre eles, de uma das vítimas que disse que pensou que iria morrer alegando que o ator a sufocou e estuprou, em 2003.


O ator e as vítimas eram membros da igreja da Cientologia na época em que aconteceram os supostos estupros. Elas disseram ao júri que tinham medo de denunciar o ator, que era um membro importante da igreja. Segundo as mulheres, as práticas religiosas que seguiam na época não lhes permitiam pensar que os incidentes eram estupro.


Uma das vítimas relatou que tentou denunciar Masterson aos membros da igreja, mas ouviu que era para parar de culpar o ator, porque na Cientologia uma pessoa nunca é vítima e nada acontece sem ela seja culpada.


A defesa do ator argumentou que as três mulheres mudaram suas histórias ao longo dos anos e questionou o motivo e o caráter delas. O advogado de defesa Philip Cohen disse que as três acusadoras conversaram entre si e já "contaminaram" o caso ao trocar detalhes de seus encontros com Masterson. O ator não testemunhou durante o julgamento.