Ufal tem cursos com 5 e 4 estrelas no Guia da Faculdade

Avaliação utiliza critérios sobre qualidade do projeto pedagógico, do corpo docente e da infraestrutura oferecida

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) teve a maioria das graduações certificadas com quatro estrelas pelo Guia da Faculdade, que avaliou quase 16 mil cursos de instituições de Ensino Superior cadastrados pelo Ministério da Educação (MEC). Foram 59 cursos da Ufal considerados "Muito Bons" e o de Pedagogia no Campus A.C. Simões, em Maceió, ganhou cinco estrelas, ou seja, ficou no nível "Excelente" pelos critérios do Guia.

"O fato de os cursos de nossa Universidade serem avaliados positivamente com quatro e cinco estrelas por outros meios é muito importante, porque, apesar de não serem indicadores oficiais do Ministério da Educação, são indicadores que a mídia elabora, inspirada nos critérios oficiais e que mostram a credibilidade da nossa instituição! Isso demonstra nosso ethos - credibilidade/imagem/ética - diante da sociedade e da mídia, que veicula a qualidade da educação superior no Brasil", comentou o procurador Educacional Institucional, Deiwyd Melo.

O Guia da Faculdade é feito numa parceria entre o Grupo Estadão e a startup educacional Quero Educação. O objetivo da pesquisa realizada anualmente é disponibilizar aos estudantes uma abrangente avaliação de titulações e modalidades do ensino superior brasileiro. É possível pesquisar as informações de acordo com a instituição ou curso e verificar como cada um está classificado em estrelas.

Os mais de dez mil coordenadores e professores que se cadastraram para atuar como avaliadores do Guia da Faculdade fazem um trabalho voluntário, sem remuneração, e atribuem notas aos cursos das suas áreas de formação e de instituições prioritariamente localizadas na mesma região do país na qual trabalham. As notas variam de 1 a 5 e cada curso é avaliado por seis professores que respondem a um questionário considerando a qualidade do projeto pedagógico, do corpo docente e da infraestrutura, ou seja, as condições de materiais e equipamentos oferecidos. Depois de descartar a maior e a menor nota, o resultado final é feito da soma dos valores restantes.

Ser listado no Guia da Faculdade com quatro estrelas é motivo de comemoração para os professores do jovem curso de Agroecologia do Campus Ceca, que completa a primeira década no ano que vem. "A conquista de quatro estrelas em uma avaliação externa à Ufal destaca a excelência do curso de Agroecologia. Esse reconhecimento vai além da qualidade acadêmica, evidenciando a formação de profissionais comprometidos não apenas com o conhecimento técnico, mas também com as questões socioeconômicas e ambientais. Essa abordagem alinha-se harmoniosamente com os objetivos de desenvolvimento sustentável propostos pela ONU. Observa-se que a prática da Agroecologia é um meio eficaz de alcançar a maioria desses objetivos, destacando seu papel significativo na construção de um futuro mais sustentável e equitativo", destacou o coordenador José Roberto Santos.

Já a professora Vanuze Costa apontou que as recentes avaliações do curso apresentam excelentes resultados, e mais uma notícia positiva como essa colabora para deixar a graduação em Agroecologia numa importante vitrine para os estudantes escolherem a formação e atuação na área.

"A formação de profissionais em agroecologia para o estado de Alagoas se mostra como sendo de grande importância, uma vez que estes atuam, dentre outras áreas, com a agricultura familiar, que tem grande representatividade para o Estado, especialmente pela estreita e direta ligação com a segurança alimentar e nutricional da população rural e urbana. O curso visa suprir uma demanda em ascensão por especialistas em Agroecologia, preparando-os com uma perspectiva humanitária. Este enfoque visa atender as crescentes necessidades do Estado em relação à produção sustentável de alimentos essenciais para a sociedade", disse Vanuze.

Ela destacou, ainda, a necessidade de maiores incentivos em se falar de Agroecologia em Alagoas: "Especialmente, expandir a informação de que existe no mercado os profissionais capacitados para trabalhar com a agricultura familiar e com a produção agroecológica e orgânica de alimentos", complementou a docente.

Além dos 60 cursos da Ufal que tiveram cinco ou quatro estrelas, outros 19 foram considerados "Bons", com três estrelas, pelo Guia da Faculdade. Para conferir a lista completa, clique aqui!

*Com assessoria

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p