Mistura de marrom com caramelo, batom toffee é o queridinho da vez

Usado por celebridades como Anne Hathaway e Rihanna, 'make' rouba a cena

Caiu na boca do povo. Uma mistura de marrom com caramelo com nuances de nude, o batom toffee é o queridinho da vez. Desfilado por celebridades internacionais como a atriz Anne Hathaway e a cantora Rihanna, o make conquistou maquiadores por aqui, que já atendem a pedidos de cariocas para embarcar na tendência.
- Vai pegar super! Já estamos adaptando o item na nossa maleta - aposta o maquiador Marcos do Vale, do Werner Maison, em Ipanema.
No rol de lançamentos de marcas como M.A.C., Revlon, Nars, Maybelline, Dermage, Avon e Eudora, o tom exato do toffee dá uma embaralhada na cabeça dos próprios profissionais. Não existe um consenso sobre a cor. Cada um define do seu jeito.
"Achocolatado", "terra", "café com leite", "marrom caramelado", "matte queimado" e "atualização do nude" são algumas das apropriações.
- Existem variações. Em peles branquinhas, costumo usar o marrom acinzentado, com acabamento fosco, que deixa a boca mais opaca. Nas morenas e negras, o tipo do marrom pode ser mais quente, com toque acobreado. Funciona melhor - opina Zeni Meirelles, do FT Studio, no Leblon.
A composição da maquiagem é o segredo para valorizar o marrom. Pele natural, olho "quase nada", como sugere Zeni, e rímel suave são alguns truques.
- Uma pele clean ajuda a destacar a boca - reforça a maquiadora, que assina a produção da modelo Juliana Haddad para a reportagem.
Durante a sessão, ela testou os dois batons: matte e acobreado.
- A que mais realçou a minha pele foi a versão puxada para o vinho. Mas amei os dois tons. O marrom acinzentado usaria com uma roupa básica, de dia, e o mais forte para sair à noite - comenta Juliana.
Mas o toffee não é para qualquer bico. Para Marcos, do Werner, a cor perde o glamour em peles amareladas.
- Não é com todo mundo que combina. Para quem tem uma traço oriental e a pele mais amarelada não fica bem porque a cor vai dar uma apagada no visual - diz Marcos.
O brilho também é fator determinante no efeito que a maquiagem vai provocar. Para usar durante o dia, o palpite é optar pela versão fosca, sem medo de errar. Para uma festa, a boca molhada tem o seu valor.
- Não existe cor certa ou errada. O toffee vai bem com quase tudo. Uma dica é ficar atento à textura. Se optar pela versão com acabamento hidratante, tente não exagerar no iluminador para não ficar com brilho em diferentes regiões no rosto. As versões matte, em geral a preferida as brasileiras, podem ser usadas sem medo de arriscar- propõe Lavoisier Souza, make artist oficial da Eudora. - Se pudesse dar mais uma dica, também diria que é uma opção para equilibrar com olho castanho.