Frutas são fonte de fibras, vitaminas, minerais e contribuem para a prevenção de doenças

Quando produzidas em sistemas agroecológicos são mais saborosas, preservam o meio ambiente e promovem saúde

Assim como as verduras e legumes, o grupo das frutas possui grande variedade no Brasil: abacate, abacaxi, abiu, açaí, acerola, ameixa, amora, araçá, araticum, atemoia, banana, bacuri, cacau, cagaita, cajá, caqui, carambola, ciriguela, cupuaçu, figo, fruta-pão, goiaba, graviola, figo e jabuticaba são alguns exemplos.

A semelhança entre frutas, legumes e verduras também vale para o plantio. Quando produzidos em sistemas agroecológicos são mais saborosos, preservam o meio ambiente e promovem saúde. As frutas variam quanto ao preço e ao sabor, de acordo com a localidade em que estão sendo produzidas e ao período da safra, ou seja, normalmente possuem menor preço e mais sabor quando cultivadas localmente e adquiridas no período de safra.

Frutas são excelentes fontes de fibras, vitaminas, minerais e vários compostos que contribuem para a prevenção de doenças. Segundo a nutricionista do ambulatório de cirurgia bariátrica do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), em Brasília/DF, Mariana Melendez, as frutas "são alimentos que ajudam a regular o intestino".

Sucos naturais nem sempre proporcionam os mesmos benefícios da fruta inteira. Fibras e muitos nutrientes podem ser perdidos durante o preparo, por isso, é melhor consumi-las inteiras.

Elas podem ser consumidas frescas ou secas (desidratadas), como parte das refeições principais ou como pequenas refeições. Nas refeições principais, são componentes importantes do café da manhã e no almoço e no jantar podem ser usadas em saladas ou como sobremesas. De acordo com o "Guia Alimentar para a População Brasileira", quando ingeridas com casca, as frutas precisam passar por processo de higienização, assim como os legumes e as verduras.

Higienização

A higienização adequada é essencial para garantir a qualidade do alimento, em especial, quando consumidos crus, pois podem estar contaminados por micro-organismos que causam doenças. Assim, antes de serem preparados e consumidos, devem ser lavados em água corrente e colocados em um recipiente com água adicionada de hipoclorito de sódio.

O rótulo do hipoclorito informa a quantidade a ser utilizada e o tempo em que os alimentos devem ficar de molho. Deixar o alimento de molho em solução de vinagre não tem a mesma capacidade de eliminar os micro-organismos causadores de doenças.

Cuidado com alimentos ultraprocessados

Sucos e bebidas à base de fruta fabricados pela indústria são, em geral, feitos de extratos, adicionados de açúcar refinado ou adoçantes artificiais, entre outros aditivos e tendem a ser alimentos ultraprocessados e devem ser evitados.

Da mesma forma, frutas inteiras adicionadas de açúcar, como as cristalizadas ou em calda. Elas até preservam grande parte dos nutrientes do alimento in natura, mas o processamento aumenta muito o nível de açúcar e, como outros alimentos processados, devem ser consumidas em pequenas quantidades, como parte de preparações culinárias ou de refeições onde predominem alimentos in natura ou minimamente processados.