Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > CIÊNCIA E SAÚDE

Farmácia do Estado beneficia 3,8 mil pacientes com doenças raras

Levantamento foi divulgado nesta quinta-feira (29), pela Sesau

Em Alagoas, 3.800 pessoas estão em tratamento por patologias raras e recebem medicamentos de alto custo por meio do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (Ceaf), vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). O levantamento foi divulgado nesta quinta-feira (29).

Segundo o órgão, os medicamentos são entregues gratuitamente aos pacientes nas unidades do Ceaf, por meio do Programa Remédio em Casa, ou através das Secretarias Municipais de Saúde (SMSs), em casos específicos. As unidades descentralizadas estão localizadas em Arapiraca, Delmiro Gouveia, Palmeira dos Índios, Penedo, Santana do Ipanema, São Miguel dos Campos e União dos Palmares.

A farmacêutica do Ceaf, Rusliene Pereira, explicou que a farmácia estadual garante a todos os alagoanos com doenças raras a continuidade do tratamento.

“O Ceaf é um dos poucos serviços no SUS em que todas as classes sociais são assistidas, porque a maioria dos medicamentos que são dispensados é de custo elevado. Alguns remédios são muito caros, como por exemplo o destinado para a AME [Atrofia Muscular Espinhal], que é a mais cara do mundo e possuímos em Alagoas 11 crianças cadastrada para esse tratamento pelo SUS”, destacou.

Artigos Relacionados

Para ter acesso aos remédios, após ter sido diagnosticado por um especialista com alguma doença que o tratamento seja de alto custo, o paciente pode pedir um encaminhamento e ir ao site da Sesau (http://cidadao.saude.al.gov.br/servicos/assistencia-farmaceutica/guias-de-orientacao/ ), baixar os formulários necessários, voltar ao médico para o devido preenchimento e levá-los, junto com os exames, para o Ceaf.

Em cerca de cinco dias úteis, a pessoa recebe o resultado. Se for aprovado pela Junta Médica, ela passará a receber a medicação de alto custo mensalmente. Caso prefiram, os pacientes podem também se dirigir até a sede do órgão, na rua Oldemburgo da Silva Paranhos, antiga rua Goiás, no bairro Farol, Maceió, onde terão acesso ao formulário impresso.

*com informações da assessoria.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas