Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
HOME > blogs > MOZART LUNA
Imagem ilustrativa da imagem Brasil é anunciado como sede da Conferência Internacional sobre Ecoturismo em 2025

BLOG DO
Mozart Luna

Brasil é anunciado como sede da Conferência Internacional sobre Ecoturismo em 2025

Brasil será sede do Adventure ELEVATE 2025, conferência internacional sobre ecoturismo, organizada pela Adventure Travel Trade Association (ATTA). O anúncio da cidade de Bonito (MS) como anfitriã ocorreu no AdventureELEVATE América, em Quito, no Equador.

O presidente da Embratur, Marcelo Freixo, participou do evento que oficializou a nova cidade-sede. Junto a representantes da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul e da prefeitura de Bonito, Freixo destacou que a Agência formalizou apoio à candidatura da cidade sul-grossense ainda em 2023.

“Bonito é referência internacional de ecoturismo, não apenas por sua beleza natural e a qualidade dos seus serviços, mas porque está na vanguarda de políticas de sustentabilidade. Recebermos um evento desta magnitude em Bonito é um recado para o mundo de um Brasil que é o principal destino de ecoturismo do planeta, e promove um tipo de turismo que se propõe construir um mundo melhor”, afirmou Freixo.

No evento, o presidente da Embratur também destacou a retomada de políticas ambientais da atual gestão do Governo Federal. “Peço desculpas por tudo que vocês tiveram que passar em relação ao Brasil nos últimos anos, mas isso faz parte do passado e nesse momento, essa delegação brasileira, com esse tamanho e diversidade, é a prova de que vencemos, a democracia venceu”, disse. “Trago um abraço do presidente Lula a todos, e digo com clareza que o debate da sustentabilidade é o debate da democracia”, completou.

Para a vice-presidente da Adventure Travel Trade Association, Gabriella Stowell, a escolha da cidade representa um exemplo de destino que pratica o turismo sustentável para o mundo.

“Bonito é o destino que a gente fala que tem tudo o que um destino de aventura deve ter: natureza, cultura e atividade física. É muito interessante o Brasil estar presente nesse evento da América Latina, porque a gente é diferente dos nossos vizinhos. Sobre a escolha de Bonito, estamos muito contentes, é um sonho, pois a gente já trabalha com esses destinos nas feiras há muito tempo”, ressaltou Stowell.

O presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Bruno Wendling, destacou a capacidade de Bonito realizar um grande evento. “A referência que temos hoje é o resultado de um trabalho conjunto entre setor público e privado de mais de quarenta anos na direção de um turismo responsável, que consegue agora entregar para todos um destino incrível e preparado para receber eventos desta importância e dimensão”, disse.

A Embratur é associada da ATTA, e realizou ações voltadas para o turismo de natureza neste ano em parceria com a instituição, como as quatro edições do “AdventureConnect”, realizadas no primeiro trimestre de 2024 em Madrid (Espanha), Boston (Estados Unidos), Berlim (Alemanha) e Washington (Estados Unidos). Essas ações representam oportunidades de promoção da imagem do Brasil como destino de referência para a prática de Ecoturismo e Turismo de Aventura no mundo, alinhado às práticas de preservação e conservação ambiental.

Bonito abrindo portas

Segundo o Portal de Dados da Embratur, o estado de Mato Grosso do Sul recebeu, em 2023, 70.277 visitantes internacionais. Até março deste ano, foram 23.200 turistas que procuraram destinos no estado, incluindo a cidade de Bonito, que fica mais a oeste do estado de Mato Grosso do Sul.

Para a secretária municipal de Turismo de Bonito, Juliane Salvadori, Bonito pode ser a porta de entrada para que mais turistas internacionais visitem outras cidades do estado.

“Bonito, nós sabemos que é uma referência em ecoturismo no nosso país e nós já, há muitos anos, participamos desses eventos internacionais, muitos deles em parceria com a Embratur. Com esse apoio mais próximo da Agência, todo esse respaldo a nível do governo federal, faz com que realmente a gente possa realizar diversas ações que tenham resultados muito efetivos para o nosso município, como a promoção internacional de uma maneira mais forte”, pontuou.

Retomada

Em 2023, após retomar os compromissos de combate ao desmatamento e redução nas emissões de CO2, o Brasil voltou a se tornar referência mundial no turismo de natureza e no turismo de aventura. A revista norte-americana Forbes, através da plataforma Forbes Advisor, elegeu o país como principal destino de ecoturismo do mundo, à frente de nações como México, Austrália e Equador.

O ranking, batizado de Índice do Ecoturismo, selecionou 50 países avaliados segundo emissões de gás carbônico, qualidade do ar, parques reconhecidos pela Unesco, sustentabilidade, biodiversidade e atrativos naturais. O Brasil ficou com uma nota de 94,9 de 100. O México, em segundo lugar, ficou com 86 pontos.