WhatsApp informa que não lançará “Comunidades” este ano no Brasil

Funcionalidade prevê maior conexão entre grupos de interesse comum, no mesmo espaço

A plataforma Whats App, da empresa Meta, informou nesta sexta-feira (26) que não lançará no Brasil a funcionalidade “Comunidades”, anunciada em abril, antes de 2023.

“Estamos entusiasmados com o valor que a funcionalidade Comunidades trará para que organizações sociais e empresas possam gerenciar suas conversas em grupo. Enquanto estamos progredindo, não temos a expectativa de lançar Comunidades no Brasil antes de 2023”. Conforme apurou a CNN, testes já estão em andamento em outros países, como Peru e Malásia.

O lançamento era esperado para depois das eleições presidenciais brasileiras em outubro. Isso por que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Whats App firmaram um acordo em fevereiro deste ano para enfrentar a desinformação divulgada durante o processo eleitoral. A plataforma, então, se comprometeu a não implementar novas funcionalidades até o fim do período eleitoral.

O Whats App, entretanto, reiterou que a decisão de anunciar o lançamento para o ano que vem é uma decisão pessoal da empresa, não havendo relação com o acordo do TSE. Em julho, a procuradoria do Ministério Público Federal em São Paulo já havia recomendado que a plataforma adiasse a implementação para o próximo ano, alegando que este ano estamos “em um momento no qual fake news sobre o funcionamento das instituições e a integridade do sistema de votação brasileiro podem colocar em risco a estabilidade democrática do país.”

Sobre a funcionalidade

As Comunidades foram pensadas para “juntar grupos separados num só de uma maneira estruturada”, segundo a empresa. Em comunicado oficial, por exemplo, o Whats App exemplifica o uso da funcionalidade por uma escola, que poderá ter, numa mesma comunidade, grupos com pais, alunos, voluntários, e focados em exercícios extracurriculares.

Além disso, ferramentas avançadas para administradores – como o controle de grupos que são incluídos e envio de anúncios – serão acrescentadas à atualização.

Algumas novidades das Comunidades já estão disponíveis para o grande público, como por exemplo, a opção de reagir a mensagens com emojis. Confira todas as novidades previstas:

Reações – as reações com emojis estão a chegar ao WhatsApp para que os utilizadores possam partilhar a sua opinião sem inundar as conversas com novas mensagens.

Eliminação pelo administrador – os administradores de grupo terão a capacidade de remover mensagens enviadas por erro ou problemáticas das conversas de todos os utilizadores no grupo.

Partilha de ficheiros – vamos aumentar o limite de partilha de ficheiros até 2 GB para facilitar a colaboração em projetos entre utilizadores.

Chamadas de voz com mais utilizadores – com apenas um toque, vai ser possível ligar até 32 pessoas. O design será renovado para aqueles momentos em que falar cara a cara é melhor do que conversar por mensagem.