NASA lançará robô que vai extrair amostras de rochas de Marte

Na sua primeira missão dedicada à astrobiologia, a NASA vai procurar sinais (químicos) de vida microbiana passada em Marte

A agência espacial norte-americana NASA revelou hoj.e estar pronta para lançar, na quinta-feira, um novo robô para a superfície de Marte, o Perseverance, que irá recolher amostras de solo e rocha que serão enviadas para a Terra. A data de lançamento da missão foi hoje confirmada pela NASA em coletiva de imprensa, transmitida do Centro Espacial Kennedy, no Cabo Canaveral, Florida, de onde, às 07:50 locais (08:50 em Brasília), será enviado o veículo robotizado, a bordo de um foguetão Atlas V.
A MARS 2020 - Perseverence (Perseverança) será a primeira missão a extrair amostras de solo e rocha de Marte. As amostras serão enviadas, posteriormente, para análise na Terra através de uma outra missão robótica, com lançamento previsto para 2026 e com a colaboração da Agência Espacial Europeia (ESA).
Após uma viagem de sete meses, o veículo robotizado Perseverance deverá aterrar em Marte, em 18 de fevereiro de 2021, na cratera Jezero, onde teria existido um lago e um delta (foz de rio).
Na sua primeira missão dedicada à astrobiologia, a NASA vai procurar sinais (químicos) de vida microbiana passada em Marte, caracterizar o clima e a geologia do planeta e, assim, abrir caminho para o envio de astronautas para a sua superfície, uma ambição que os Estados Unidos pretendem concretizar depois de conseguirem ter novamente astronautas na Lua (a primeira missão tripulada de regresso à Lua, depois da última em 1972, está prevista para 2024).
Juntamente com veículo robotizado segue um engenho voador, semelhante a um minúsculo helicóptero, que irá testar um voo controlado no planeta.
O administrador da NASA, Jim Bridenstine, assegurou estar tudo pronto para o lançamento na quinta-feira, sublinhando que se trata de "uma missão importante para o mundo", e não apenas para os Estados Unidos, e "a mais sofisticada" do gênero.
Segundo Bridenstine, a MARS 2020 - Perseverence permitirá testar um método de produzir oxigênio (essencial para a sobrevivência de astronautas em Marte) a partir da atmosfera marciana (rica em dióxido de carbono).
O dirigente da NASA enfatizou que são "tempos excitantes" os que se avizinham, com a possibilidade de se descobrirem vestígios de vida em Marte, e que a missão foi levada a diante, com "perseverança", por uma vasta equipe e lançada ainda em 2020, conforme o planejado, apesar das contingências da pandemia da covid-19.