Um dia após polícia expulsar banhistas, governador aglomera em Monteirópolis

Ato com políticos foi questionado por internautas indignados com desrespeito a decreto governamental

O governador Renan Filho (MDB) continua conduzindo a reta final de sua gestão, em meio à pandemia de Covid-19, com base no ditado "faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço". Um dia após mandar a Polícia Militar (PM) expulsar de forma ostensiva, com viaturas e uma aeronave, banhistas da Praia do Francês, em Marechal Deodoro, ele não só aglomerou, como deu um banho em moradores da cidade de Monteirópolis, no interior de Alagoas nesta segunda-feira (14). O clima foi de campanha ao lado de aliados.

Em um vídeo distribuído por internautas indignados, Renan aparece ao lado do secretário Estadual de Infraestrutura, Maurício Quintela, e do prefeito de Monteirópolis, Maílson Mendonça, no povoado Paus Pretos. A programação, que marcou a chegada de água encanada na região, fez parte da emancipação política do município.

"Aglomeração do bem com Renanzinho em Monteirópolis. Cadê o helicóptero e as viaturas para expulsar o povo igual fez na praia? É muita hipocrisia", questionou um internauta.

Também nas redes sociais secretários da gestão Renan Filho compartilharam imagens com aglomerações. Os integrantes da comitiva governamental aglomeram, tiram fotos ao lado de lideranças políticas. Tudo, claro, sem o distanciamento recomendado pelo decreto governamental assinado por Renan Filho.

Em outras imagens, compartilhadas pelo prefeito, ele cita as obras entregues à população, agradece a presença de lideranças políticas e surge ao lado de deputados que integram a base governista na Assembleia Legislativa. A aglomeração foi o que não faltou, tanto no palanque como entre o público.

Nas redes sociais, Maílson elencou o que foi entregue: inauguração da Praça Santa Luzia, recuperação e estruturação da escola de Educação Básica José Clemente, além da inauguração da Pavimentação de 5.797,97 m2 em diversas ruas do Povoado Paus Pretos e a Entrega de +02 cartões CRIA.

Esta não é a primeira vez que o governador é criticado por participar de aglomerações. Em maio, o filho do presidente Bolsonaro, o vereador pelo Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro, utilizou as redes sociais para criticar a “aglomeração do bem” em que Renan Filho esteve durante solenidade do governo de Alagoas, na cidade de Matriz de Camaragibe.

Nas imagens compartilhadas pelo vereador, ele mostra o governador Renan Filho no palanque, o único sem máscara e cercado por correligionários. É possível ainda observar que há público em pé assistindo ao discurso do governador. “Quando a aglomeração e o não uso de máscaras é do bem, que mal tem? Com a palavra o filho do relator da “cpi”, postou o vereador.