Sete deputados estaduais de Alagoas não conseguiram se reeleger; veja os nomes!

Foram eles: Ângela Garrote, Davi Maia, Galba Novais, Léo Loureiro, Lobão e Yvan Beltrão e Tarcizo Freire

Sete deputados estaduais por Alagoas que tentavam a reeleição não conseguiram se reeleger. Foram eles: Ângela Garrote, Davi Maia, Galba Novais, Léo Loureiro, Lobão, Yvan Beltrão e Tarcizo Freire. Além desses, há também outros quatro que ficaram de fora. Dois tentaram outros cargos e dois não disputaram as eleições.

Olavo Calheiros e Jairzinho Lira não disputaram as eleições; já Davi Davino Filho disputou o senado federal e perdeu. Jó Pereira disputou o cargo de vice-governadora na chapa de Rodrigo Cunha e foi ao segundo turno.

Com esse cenário, a Assembleia teve renovação de 40% das vagas. O deputado estadual mais votado em Alagoas foi Alexandre Ayres (MDB), com 61.142 votos. Ayres é ex-secretário de Estado da Saúde de Alagoas.

Em segundo lugar, ficou Cabo Bebeto (PL), com 51.721 e, em terceiro, ficou Marcelo Victor (MDB), que é o atual presidente da Assembleia, que teve 51.259 votos.

A mulher mais votada foi Flávia Cavalcante (MDB), que conseguiu se reeleger com 50.902 votos. Cibele Moura (MDB) ficou em segundo lugar entre as mulheres, com 46.120 votos, e, também, se reelegeu. A novata Carla Dantas teve 44.477 votos e fecha o ranking de votação entre as mulheres.

Veja abaixo o nome dos deputados estaduais eleitos em Alagoas;

Alexandre Ayres (MDB)

Marcelo Victor (MDB)

Flávia Cavalcante (MDB)

Cibele Moura (MDB)

Carla Dantas (MDB)

Ricardo Nezinho (MDB)

José Wanderley (MDB)

Fátima Canuto (MDB)

Remi Calheiros (MDB)

Bruno Toledo (MDB)

Dudu Ronalsa (MDB)

Inácio Loiola (MDB)

Breno Albuquerque (MDB)

Gilvan Barros Filho (MDB)

Marcos Barbosa (Avante)

Antônio Albuquerque (Republicanos)

André Silva (Republicanos)

Delegado Leonam (União Brasil)

Lelo Maia (União Brasil)

Mesaque Padilha (União Brasil)

Cabo Bebeto (PL)

Fernando Pereira (Progressistas)

Rose Davino (Progressistas)

Francisco Tenório (Progressistas)

Gabi Gonçalves (Progressistas)

Ronaldo Medeiros (PT)

Silvio Camelo (PV)