Prefeito eleito, JHC deve anunciar equipe de transição até esta terça-feira

Indicados vão trocar figurinhas com nomes da atual gestão visando elaborar um relatório

O prefeito eleito de Maceió, JHC (PSB), deve anunciar, nesta terça-feira (1º de dezembro), a equipe que vai atuar na transição de governo. Nomes para a composição estão sendo avaliados - alguns já decididos - e indicarão, de maneira preliminar, qual será o perfil adotado pela futura gestão. 
Na entrevista que concedeu após ser declarado vencedor, João Henrique Caldas foi questionado sobre o provável secretariado. Ele afirmou que tem escolhas definidas e outras em análise, mas que somente revelaria em tempo oportuno.
Ainda na ocasião, JHC sinalizou que utilizaria muito a experiência do vice-prefeito eleito, Ronaldo Lessa (PDT), na futura gestão. Lessa comandou a prefeitura entre 1993 e 1996, e foi governador por dois mandatos, e, naturalmente, é um dos cotados a compor a equipe de transição e até uma pasta a partir de 2021, para não ser uma figura decorativa.
A cientista política Luciana Santana analisa que o prefeito eleito agora deve se dedicar a buscar os realinhamentos necessários para garantir a governabilidade e a viabilidade do cumprimento das propostas feitas durante a campanha eleitoral. 
"Primeiro passo é entender as características da equipe de transição, dos possíveis nomes que vão estar sendo indicados para secretarias, além disso, aguardar as perspectivas para estes apoios, que podem vir a ser obtidos da transição até a posse, em janeiro", explica Luciana.
Como só falta um mês para a posse, os trabalhos da equipe de transição precisam ser iniciados o mais rápido possível. Na semana passada, a prefeitura da capital informou que estava finalizando os preparativos para o processo de transição, seguindo os parâmetros recomendados pelo Ministério Público Estadual (MPE) e norteados por resolução normativa do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE/AL).
A comissão mista de transição de gestão vai ser anunciada no Diário Oficial do Município (DOM), até o dia 4 de dezembro. O grupo será composto por cargos em comissão, servidores efetivos e indicações da equipe da nova gestão. A missão é elaborar um relatório, que será entregue ao Ministério Público Estadual (MPE), ao atual prefeito, Rui Palmeira (sem partido), e ao prefeito eleito.
Apesar das farpas e rixas durante a campanha, a prefeitura assegura que o Gabinete de Governança atuará como facilitador do processo, documentando as reuniões da comissão e monitorando os encaminhamentos. Na reunião inicial, será apresentado à equipe da nova gestão o calendário de reuniões setoriais.